António Canevari

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


António Canevari
Nome completo António Canevari
Outras Grafias valor desconhecido
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento 1681
Roma, Roma, Itália
Morte 1764
Sexo Masculino
Religião valor desconhecido


Biografia

Dados biográficos

António Canevari nasceu em Roma, em 1681, e faleceu em Nápoles em 1764.

Carreira

Sousa Viterbo reproduz a entrada de Volkmar Machado.

"tambem fez hum desenho para Mafra, o qual teve a mesma sorte que o de Juvara. Depois de fazer construir em Lisboa a celebrada torre do Relogio, e algumas outras cousas, foi acabar os seus dias no Reino de Napoles".

Despedido das obras do Aqueduto das Águas Livres em 1732 "por não haver dado aos arcos a indispensavel altura".

"Canevari era muito estimado na côrte e tanto que no anno de 1729 a acompanhou, em coche da casa real, á entrevista que se effectuou no Caia para a troca das princezas de Portugal e Hespanha".

Projecta o fogo de artifício para a celebração do casamento do príncipe, futuro D. José, em Lisboa.

Francisco Xavier da Silva atribui-lhe a escadaria do quarto da Rainha[1].

Sousa Viterbo inclui Canevari na seccção dedicada aos Relojeiros da sua obra Artes e Artistas em Portugal. Surge como responsável pela torre da Gamanha ou do relogio, parte do palácio real do Terreiro do Paço "e que o terramoto lançou por terra"[2].

Outras informações

Obras

Notas

  1. Viterbo, Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol I, 160-162.
  2. Viterbo, Artes e Artistas em Portugal. 39-41.

Fontes

Bibliografia

Berger, Francisco. "Canevari em Portugal" In Artitextos. Lisboa: CEFA; CIAUD, 2006. 9-28.

Moita, Irisalva, dir. Catálogo D. João V e o Abastecimento de Água a Lisboa (2 vols.). Lisboa: CML, 1990.

Pimentel, António Filipe. "António Canevari e a Torre da Universidade de Coimbra" In Artistas e Artífices e a sua mobilidade no mundo de expressão portuguesa, Actas. Porto: Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2005.

Rossa, Walter. “Águas Livres, Aqueduto das” In Dicionário da Arte Barroca em Portugal, dirigido por José Fernandes Pereira e coordenado por Paulo Pereira. Lisboa: Editorial Presença, 1989. 19-21.

Viterbo, Francisco de Sousa. Artes e Artistas em Portugal. Lisboa: Livraria Ferreira, 1892.

Viterbo, Francisco de Sousa. Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal. Vol I. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1899.

Ligações Externas

António Canevari In Wikipédia.it.

António Canevari In Wikipédia.pt.


Autor(es) do artigo

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo