Aprendiz

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Descrição sobre o cargo

(1) O que aprende ou que ainda não sabe bem algum ofício ou qualquer outra coisa. Tiro, onis. Masc. Cic. Assim se há-de escrever porque não é palavra grega e assim se acha escrito nos livros antigos nas Pandetas Florentinas e nas Inscrições. Não teve Manúcio razão para se retractar porque não teve outro fundamento que uma inscrição que conforme a opinião do douto António Augustino é suposta. Em quanto pois à propriedade da significação do Tiro, verdade é que esta palavra propriamente significa um soldado bisonho que começa a trazer armas, porém com o tempo se tem apropriado a todos os que começavam a aprender algum ofício, arte, ciência ou qualquer outra coisa.

(2) Aprendiz. Moço que aprende ofício. Discipulus, i. Masc. Plin. lib. 26 onde fala dos aprendizes do famoso escultor Fídias.

(3) Pequeno aprendiz. Firunculus, i. Masc. Plin. Jun. Columel no cap. 12. do livro 7 chama a uma cachorrinha que criava filhos pela primeira vez Firincula como se quisera dizer que este animal aprendia o ofício de criar.

(4) Aprendiz. Novato. Bisonho. Pouco exercitado, pouco destro. (...)

(5) Pôr alguém por aprendiz em casa de um mestre (...)[1].

Outras designações

Outras informações

ver também


Notas

  1. Bluteau, Vocabulario Portuguez e latino (Tomo I: Letra A), 450.

Bibliografia e Fontes

  • Bluteau, Rafael. Vocabulario portuguez e latino, aulico, anatomico, architectonico, bellico, botanico, brasilico, comico, critico, chimico, dogmatico, dialectico, dendrologico, ecclesiastico, etymologico, economico, florifero, forense, fructifero... autorizado com exemplos dos melhores escritores portugueses, e latinos... Tomo I: Letra A. Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de Jesu, 1712.