Arcabuz

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search

Arma de fogo, assim chamada de arco porque a modo de arco despede com ímpeto ou porque os arcabuzeiros, como antigamente os besteiros, davam nas batalhas a primeira carga e de buso que em italiano vale o mesmo que buraco, de maneira que o arcabuz viria a significar o mesmo que arco buracado. Appelatur arcus busius. Diz Polidoro Virgílio no seu Tratado das Invenções das coisas, liv. 2, cap. II. A foramine opinor, quo ignis in pulverem fistula contentum immittitur, nam Italia busium vulgo foramen dicunt e arcus quod instar arcus pugnatibus sit. Quippe hodie huius modi tormenti usus in primo statim pugnae loco est, quem olim sagittariis dabant, quum a missilibus praeliari inciperent. Na sua Gramática Portuguesa, impressa em letra gótica há mais de cento e sessenta anos, diz Fernão de Oliveira. Arcabuz se chamou de arca,porque tem a arca de cano maior, que a espingarda e forma-se não por composição e ajuntamento, mas acrescentando aquela sílaba buz, a qual quase é sinal de aumento, ou grandeza, da coisa como esta sílaba ão nestes nomes rapagão, mulherão e como az nestas beberraz, velhacaz etc. cap. 32. Os mais escrupulosos escritores modernos lhe chamam em latim Sclopetus, i. Masc. ou ferrea fistula, ae. O que também se pode dizer de qualquer outra arma de fogo, que um homem pode trazer. Mas não é possível que com termos próprios se exprimam todas as palavras vulgares, se não se lhe der uma latina terminação. (...)[1].

Notas

  1. Bluteau, Vocabulario Portuguez e latino (Tomo I: Letra A), 471-472.

Bibliografia e Fontes

  • Bluteau, Rafael. Vocabulario portuguez e latino, aulico, anatomico, architectonico, bellico, botanico, brasilico, comico, critico, chimico, dogmatico, dialectico, dendrologico, ecclesiastico, etymologico, economico, florifero, forense, fructifero... autorizado com exemplos dos melhores escritores portugueses, e latinos... Tomo I: Letra A. Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de Jesu, 1712.