Archeiro

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search

Deriva-se do francês archer que ainda que propriamente signifique o homem armado de arco e frecha, é o nome de uns soldados que com alabarda acompanham em França certos ministros da justiça. Também na corte de Portugal em lugar de alabardeiros chamamos archeiros aos que com alabarda estão de guarda e acompanham a Sua Majestade quando sai. Parece que archeiro é palavra introduzida de alguns anos a esta parte, porque em graves autores portugueses acho alabardeiros neste próprio sentido, e entre outros Manuel Severim de Faria, Noticias de Portugal, Discurs. 2, no fim do § 4 diz, " guarda dos alabardeiros introduzio El-Rey D. Sebastião, assi por respeito da Pessoa Real, como para segurança della, pelos muytos estrangeyros hereges, que havia, em Lisboa, mas não erão de Todescos, senão de Portuguezes, & foy seu Capitão da guarda Françisco Dessa Camareiro Môr del-Rey D. Henrique, & Cõde de Matozinhos. Depois ElRey D. Felippe Prudente deixando por governador deste Reyno ao Archiduque Alberto, lhe deixou guarda Todesca, & por Capitaõ della D. Françiscod e Souza, aqual foy continuando com os Governadores, & Visoreys, que lhe succedereraõ atè sua Magestade, que Deos guarde, que admittio os Todescos, que ainda achou com outros alabardeiros de sua guarda, que dantes tinha." Archeiro. Hasta securiclata armatus satelles ou miles (...)[1].

Notas

  1. Bluteau, Vocabulario Portuguez e latino (Tomo I: Letra A), 473.

Bibliografia e Fontes

  • Bluteau, Rafael. Vocabulario portuguez e latino, aulico, anatomico, architectonico, bellico, botanico, brasilico, comico, critico, chimico, dogmatico, dialectico, dendrologico, ecclesiastico, etymologico, economico, florifero, forense, fructifero... autorizado com exemplos dos melhores escritores portugueses, e latinos... Tomo I: Letra A. Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de Jesu, 1712.