Cálice e Patena de Ouro (Alcobaça)

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search
Cálice com Patena
Técnica Ouro
Localização Desaparecido

Historial

Cálice que terá pertencido ao Mosteiro de Alcobaça, esteve depositado na Biblioteca Nacional de Lisboa, de onde foi roubado. Segundo relatos de pessoas que o viram, continha muitas pedras preciosas de diversas cores e era adornado com várias figuras em meio relevo, representando a Paixão de Cristo. Teria 9 marcos, 7 onças e 4 oitavas de peso. Tinha letras gravadas na circunferência da base e na garganta do cálice que vários autores tentaram ler, sem nenhum chegar a uma leitura consensual.

A tradição de Alcobaça dizia que esse cálice fora comprado com o dinheiro das jóias de D. Inês de Castro, das ao convento de D. Pedro. Já outros diziam que fora uma dádiva de D. Manuel, teoria que Viterbo considera mais credível.

Para além do cálice, existia uma patena, esta sim ainda existente na época em que Viterbo escreveu, e que estava também na Biblioteca Nacional. Na Exposição Retrospectiva de Arte Ornamental Portuguesa e Espanhola de 1882 esteve exposta na Sala M, com o número 198. Após a observar, Viterbo confirma que, se fosse de facto a patena pertencente a esse cálice, então não poderia o cálice datar do século XIII, mas antes do século XVI[1].

Descrição

A patena tinha um medalhão central circular, aberto a buril e esmaltado. De um lado representava a Última Ceia, da outra o Calvário, com a Virgem e S. João Evangelista de cada lado de Cristo. Em roda de cada medalhão havia cabeças de anjos e outros enfeites, nas bordas, de um lado, quatro painéis circulares representando os Evangelistas, do outro representando as insígnias do martírio de Cristo, separados por ornamentação de folhagens e arabescos e escudetes com as iniciais IHS[2].

Notas

  1. Francisco de Sousa Viterbo, Exposição d’Arte Ornamental. Notas ao Catalogo. (Lisboa: Imprensa Nacional, 1883), 10-11.
  2. Francisco de Sousa Viterbo, Exposição d’Arte Ornamental. Notas ao Catalogo. (Lisboa: Imprensa Nacional, 1883), 11.

Bibliografia e Fontes

  • Catalogo illustrado da exposição retrospectiva de arte ornamental portugueza e hespanhola. Lisboa: Imprensa Nacional, 1882.
  • Viterbo, Francisco de Sousa, Exposição d’Arte Ornamental. Notas ao Catalogo. Lisboa: Imprensa Nacional, 1883.

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

DOI

Citar este artigo