Cálices do Mosteiro de Alcobaça (MNAA)

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Cálices
Data século XII
Género Ourivesaria
Técnica Prata dourada
Localização Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa

Historial

Existem no Museu Nacional de Arte Antiga dois cálices de prata dourada, datados, provavelmente, do século XII, que pertenceram ao Mosteiro de Alcobaça. Os dois, no século XIX, pertenceram à colecção da Academia de Belas Artes de Lisboa, após a espoliação dos conventos extintos, e estiveram expostos na Special Loan Exhibition of Spanish and Portuguese Ornamental Art do South Kensignton Museum, em 1881, e, no ano seguinte, na Exposição Retrospectiva de Arte Ornamental Portuguesa e Espanhola em Lisboa.

Descrição

O primeiro dos dois cálices, que esteve na Sala M com o número 25, na Exposição de 1882, tem a seguinte descrição no Catálogo: "Calix de prata dourada. Altura 0,171 m. A copa lisa tendo na base a seguinte inscripção: + CALIX ISTE AD HONOREM DEI ET SCE MARIE DE ALCOBACIA FACTUS EST +. Por baixo da inscrição uma cruz. Seculo XII[1]". A sua datação foi bastante contestada desde 1881, em Paris foi datado do século XIV, em Londres do século XV ou fins do século XIV[2] .

O segundo cálice, estava na Sala M, com o número 18, com a mesma classificação do século XV/XIV no catálogo do South Kensington Museum. Na exposição de 1882 é classificado da seguinte maneira: "Calix de prata dourada, copa e base lisas, nó dividido em oito segmentos com ornamentos cinzelados. Altura 0, 18m. Seculo XII[3]".

Notas

Bibliografia e Fontes

  • Catalogo illustrado da exposição retrospectiva de arte ornamental portugueza e hespanhola. Lisboa: Imprensa Nacional, 1882.
  • Viterbo, Francisco de Sousa, Exposição d’Arte Ornamental. Notas ao Catalogo. Lisboa: Imprensa Nacional, 1883.

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

DOI

Citar este artigo

  1. Catalogo illustrado da exposição retrospectiva de arte ornamental portugueza e hespanhola. (Lisboa: Imprensa Nacional, 1882), 3.
  2. Francisco de Sousa Viterbo, Exposição d’Arte Ornamental. Notas ao Catalogo. (Lisboa: Imprensa Nacional, 1883), 8.
  3. Catalogo illustrado da exposição retrospectiva de arte ornamental portugueza e hespanhola. (Lisboa: Imprensa Nacional, 1882), 2.