C. L. Miranda

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


C. L. Miranda
Nome completo C. L. Miranda
Outras Grafias valor desconhecido
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento valor desconhecido
Morte valor desconhecido
Sexo Masculino
Religião valor desconhecido


Biografia

Dados biográficos

Desconhece-se o nome completo de C. L. Miranda. Pela obra identificada como sua, afere-se que viveu entre a segunda metade do século XVIII e a primeira do século XIX, e que exerceu atividade no território do Brasil.

Carreira

Outras informações

Obras

No Arquivo Histórico do Exército, no Rio de Janeiro, constam os seguintes trabalhos de sua autoria:

Carta Geográfica da Capitania de Minas Geraes. Ano de 1804. C. L. Miranda Fez. Colorida, nanquim, tinta colorida, aquarela, com legenda, com nota explicativa, com rosa dos ventos, papel canson telado, restaurado, 74,5cm x 81,5cm[1].

Mapa da Freguezia da Villa do Príncipe que contem a Nordeste a aplicação do Rio Preto no centro a Demarcação Diamantina, encravada nesta, e em parte da Freguesia do Rio Vermelho ao Oriente e a Sueste o Território da Vila do Príncipe, Itambé, Rio do peixe e Guanhâs por C. L. Miranda em Tejuco em 1820.  colorido, ferro-gálica, tinta colorida, aquarela, com legenda, com nota explicativa, escala em léguas, papel canson telado, 33cm x 52,5cm[2].

Notas

  1. Arquivo Histórico do Exército - Brasil (AHEx). Cota: AHE 03.07.1121
  2. Arquivo Histórico do Exército - Brasil (AHEx). Cota: AHE 05.26.1127

Fontes

Arquivo Histórico do Exército - Brasil (AHEx)

Bibliografia

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo