David Álvares

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


David Álvares
Nome completo David Álvares
Outras Grafias valor desconhecido
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento valor desconhecido
Morte valor desconhecido
Sexo Masculino
Religião valor desconhecido


Biografia

Dados biográficos

Carreira

David Álvares era mestre de pedraria, especializado na construção de pontes, "tanto que em alguns documentos era denominado mestre de fazer pontes".

Em 1612 encarregue da obra da cadeia de Trancoso.

Em 1613 recebia instruções para a construção da ponte da Carvalhosa, no Mondego, segundo a sua traça e construção de Manuel Tenreiro.

Traça a ponte da vila de Azurara da Beira, a ponte de Jugais (em 1624), a do rio Macoema, em Pinhel. Em 1636, nova ponte em Valbom, também no termo da vila de Pinhel[1].

Outras informações

Obras

Notas

  1. Viterbo, Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol I, 494-496.

Fontes

Bibliografia

Viterbo, Francisco de Sousa. Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal. Vol I. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1899.

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo