Dionísio de Araújo

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Dionísio de Araújo
Nome completo Dionísio de Araújo
Outras Grafias valor desconhecido
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento valor desconhecido
Morte valor desconhecido
Sexo Masculino
Religião valor desconhecido


Biografia

Dados biográficos

Carreira

Dionísio de Araújo trabalhava, em 1670, como ajudante de um terço de ordenança, quando seguiu para a Índia recebendo nessa altura, a 28 de março de 1870, "mercê do cargo de engenheiro do Estado da Índia". Segue para a Índia com António Pinto Vieira, recebendo 25.000 reis de soldo mensais assim que chegasse à Cidade de Goa. Ambos seguem com o mesmo encargo: "de fazer naquelas partes as fortificações de que nela se necessitam"[1].

Outras informações

Obras

Notas

  1. Viterbo, Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol I, 43-44.

Fontes

Bibliografia

Viterbo, Francisco de Sousa. Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal. Vol I. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1899.

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo