Empresa

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search

Divisa. Alguns autores portugueses fazem estas palavras sinónimas. No cap. 22 da Nobiliarchia Portugueza diz o seu autor, algumas empresas e divisas de que naquele tempo se usava, etc. No mesmo capítulo muitas vezes se acham estas duas palavras juntas e no mesmo sentido, como sinónimos. No I Tom. dos seus Sermões, pag. 577, o P. António Vieira chama ao heliotrópio divisa do amor e logo mais abaixo chama a esta mesma divisa empresa. Porém bem se poderá dar alguma diferença da genuína significação destas duas palavras porque empresa em português, assim como imprensa em italiano, valem o mesmo que acção ilustre empreendida por alguém; e este na língua italiana foi o primeiro significado da palavra impresa fundado em que os antigos heróis e cavaleiros faziam imprimir ou gravar e esculpir nos seus escudos as suas mais ilustre acções e empresas militares. E assim não só do verbo empreender, mas também do verbo imprimir, ou mais claramente da empresa do cavaleiro, ou da impressão da empresa se poderá derivar a palavra empresa. Com o tempo se foi estendendo a significação da palavra italiana imprensa e da palavra portuguesa empresa, porque os italianos chamaram imprese não só à representação simbólica das façanhas dos heróis profanos, mas também à dos varões ilustres em santidade, e juntamente os documentos morais e instrutivos das virtudes do cristianismo, e neste género de escrever foi singular o Padre Paulo Aresi, clérigo regular teatino e bispo de Tortona nos outros volumes que imprimiu em língua italiana, intitulados Imprese Sacre. Também na língua portuguesa, não só usamos da palavra empresa, para significar a pintura ou escultura simbólica de façanhas e actos públicos de guerra, mas também se apropria a palavra empresa às imagens e representações das heróicas virtudes dos santos; como se vê nos dois volumes que o Padre Frei João dos Prazeres imprimiu da Vida do Glorioso Patriarca S. Bento, discursada em empresas e pela mesma razão temos em castelhano as Empresas Sacras do Padre Francisco Nuñes de Cepeda. Finalmente chegou a palavra empresa a ter na língua portuguesa a mesma extensão que a palavra divisa e por isso de uma e outra (como se vê nos exemplos que tenho trazido) usam indiferentemente autores portugueses. Vid. Divisa. Vid. Tensão[1].

Notas

  1. Bluteau, Vocabulario Portuguez e latino (Tomo III: E), 72.

Bibliografia e Fontes

  • Bluteau, Rafael. Vocabulario portuguez e latino, aulico, anatomico, architectonico, bellico, botanico, brasilico, comico, critico, chimico, dogmatico, dialectico, dendrologico, ecclesiastico, etymologico, economico, florifero, forense, fructifero... autorizado com exemplos dos melhores escritores portugueses, e latinos... Tomo III: Letra D-EYC. Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de Jesu, 1713.