Espadim

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search

Espada de folha curta e de pequenas guarnições. Ensiculus, i. Misc. Plaut. Gladiolus, i. Masc. Plin.

(...)

Moeda de ouro que el-rei D. João II mandou lavrar no ano de 1485 valia 300 réis de uma parte tinha o escudo real com as quinas direitas e da outra uma mão com uma espada nua com a ponta para cima e por letra Dominus protector vitae meae a quo trepidabo?. Fez o mesmo rei bater outros espadins prateados que valiam quatro réis. Manuel Severim nas notícias de Portugal, pág. 184 e 185. Fez el-rei D. Afonso V, outra moeda também chamada espadim em memória da ordem da espada que ele instituíra para a conquista de Fez. Veja-se o mesmo autor na pág. 182-183[1].

Notas

  1. Bluteau, Vocabulario Portuguez e latino (Tomo III: E), 255-256.

Bibliografia e Fontes

  • Bluteau, Rafael. Vocabulario portuguez e latino, aulico, anatomico, architectonico, bellico, botanico, brasilico, comico, critico, chimico, dogmatico, dialectico, dendrologico, ecclesiastico, etymologico, economico, florifero, forense, fructifero... autorizado com exemplos dos melhores escritores portugueses, e latinos... Tomo III: Letra D-EYC. Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de Jesu, 1713.