Fernando Castela de Miranda

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Fernando Castela de Miranda
Nome completo Fernando Castela de Miranda
Outras Grafias Fernando Castella de Miranda
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento valor desconhecido
Morte valor desconhecido
Sexo Masculino
Religião valor desconhecido
Cargos
Cargo Amanuense
Data Início: 15 de junho de 1880
Fim: 02 de janeiro de 1883

Cargo Pagador
Data Início: 14 de abril de 1886

Cargo Secretário
Data Início: 26 de maio de 1886
Fim: 16 de julho de 1886
Actividade
Actividade Inventariação
Data Início: 01 de abril de 1887
Fim: 01 de abril de 1887
Local de Actividade Sé Catedral de Nossa Senhora da Graça de São Tomé, São Tomé,-


Biografia

Dados biográficos

Carreira

Amanuense da Secretaria Geral do Governo de Angola por portaria nº237 de 15 de Junho de 1880. Exonerado de amanuense da Secretaria Geral do Governo de Angola por portaria nº430 de 8 de Novembro de 1880. Nomeado para este lugar segunda vez pela portaria nº462 de 3 de Dezembro de 1880. Concedidas pela Junta de Saúde 60 dias de licenças para gozar em Moçâmedes, em 1882.

Exonerado, a seu pedido, do lugar de amanuense da Secretaria Geral do Governo de Angola por portaria nº13 de 2 de Janeiro de 1883. Escriturário da Contadoria da Junta da Fazenda de São Tomé por portaria nº34 de 1 de Março de 1883.

Nomeado para exercer por comissão o lugar de director do Correio de São Tomé por portaria nº162 de 9 de Novembro de 1883. Exonerado desta comissão por portaria nº167 de 29 de Novembro de 1883. Vogal da comissão nomeada pela portaria nº33 de 18 de Janeiro de 1884 para proceder à queima das cartas existentes no Correio de São Tomé. Confirmado no lugar de escriturário da Contadoria da Junta da Fazenda de São Tomé por portaria nº63 de 25 de Abril de 1884. Nomeado director interino do Correio de São Tomé por portaria nº55 de 9 de Março de 1885. Vogal da comissão, nomeado pela portaria nº81 de 6 de Abril de 1885, para elaborar um projecto de regulamento dos correios da província de São Tomé e Príncipe. Exonerado do lugar de director do Correio de São Tomé por portaria nº293 de 25 de Dezembro de 1885. Teve 60 dias de licença da Junta de Saúde por portaria nº31 de 13 de Fevereiro de 1886. Entrou em exercício de lugar de escriturário da Junta da Fazenda de São Tomé por ter demitido de parte da licença da Junta (portaria nº62 de 24 de Março de 1886).

Nomeado escrivão interino do adjunto na Fazenda na Ilha do Príncipe por portaria nº88 de 12 de Abril de 1886. Nomeado pagador da Secção das Obras Públicas da Ilha do Príncipe pela ordem de serviço da direcção nº138 de 14 de Abril de 1886. Nomeado secretário do Governo do Príncipe por portaria nº147 de 26 de Maio de 1886. Exonerado, a seu pedido, do lugar de secretário do Governo do Príncipe por portaria noº188 de 16 de Julho de 1886. Exonerado, a seu pedido, do lugar de escrivão do adjunto do Príncipe por portaria nº193 de 22 de Julho de 1886. Teve 15 dias de licença pela Junta de Saúde (portaria nº208 de 28 de Julho de 1885).

Nomeado contador interino da Junta da Fazenda por portaria nº235 de 23 de Agosto de 1885.

Nomeado chefe interino da Repartição Civil da Secretaria Geral do Governo por portaria nº269 de 22 de Setembro de 1886. Exonerado do lugar de contador interino da Junta de Fazenda por portaria nº268 de 22 de Setembro de 1886.

Encarregado da administração da Imprensa Nacional pela portaria nº270 de 22 de Setembro de 1886.

Nomeado secretário da comissão de administração da Santa Casa da Misericórdia de São Tomé por portaria nº277 de 1 de Outubro de 1886.

Exonerado do lugar de chefe da repartição civil da Secretaria Geral do Governo por portaria nº312 de 23 de Novembro de 1886.

Exonerado de encarregado da administração da Imprensa Nacional por portaria nº319 de 23 de Novembro de 1886.

Nomeado pagador da direcção e encarregado do depósito dos materiais das Obras Públicas por portaria nº328 de 10 de Dezembro de 1886.

Vogal da comissão nomeada pela portaria nº57 de 1 de Abril de 1887 para inventariar as pratas e alfaias pertencentes à Sé Catedral de Nossa Senhora da Graça de São Tomé.

Vogal da comissão nomeada pela portaria nº74 de 14 de Maio de 1887 para inutilizar alguns documentos pertencentes ao Arquivo da Contadoria da Junta da Fazenda.

Vogal da comissão nomeada pela portaria nº51 de 13 de Março de 1888 para examinar as certidões de relaxe existentes na administração do concelho por dívidas à Fazenda Pública.

Tesoureiro geral interino pela portaria provincial nº163 de 22 de Agosto de 1888, publicada no Boletim Oficial nº34 de 25 do mesmo mês. Exonerado de tesoureiro geral interino (portaria provincial nº262 de 26 de Dezembro de 1888 publicada no Boletim Oficial nº52 de 29 do mesmo mês e ano). Louvado pela mesma portaria.

Licença da Junta da Fazenda para ir ao Reino (portaria provincial nº22 de 19 de Fevereiro de 1889 publicada no Boletim Oficial nº8 de 23 do mesmo mês e ano). Seguiu para o Reino no 1º de Março de 1889.

Licença de 30 dias para se tratar por portaria régia nº17 de 26 de Março de 1889 publicada no Boletim Oficial nº17 de 27 de Abril do mesmo ano. Prorrogada por 60 dias a licença para se tratar por Portaria régia nº49 de 22 de Junho de 1889 publicada no Boletim Oficial nº31 de 3 de Agosto do mesmo ano. Prorrogada por 60 dias a licença para se tratar, por Portaria régia nº78 de 5 de Setembro de 1889, publicada no Boletim Oficial nº41 de 12 de Outubro do mesmo ano.

Presente na Província em 25 de Novembro de 1889 (Portaria provincial nº260 do mesmo dia, publicada no Boletim Oficial nº48 de 30 de Novembro do mesmo ano. Nomeado pela portaria antecedente provisoriamente sub-chefe da Repartição da Fazenda provincial e encarregado da Fazenda Militar.

Presente na direcção a desempenhar o cargo de pagador no 1º de Dezembro de 1889. Mandado reassumir as funções de secretário da comissão administrativa da Santa Casa da Misericórdia de São Tomé por portaria provincial nº278 de 18 de Dezembro de 1889 publicada no Boletim Oficial nº51 de 21 do mesmo ano. Nomeado para o lugar de 1º escriturário da Repartição provincial por portaria régia nº109 de 24 de Dezembro de 1889, publicada no Boletim Oficial nº4 de 25 de Janeiro de 1890.[1]

Outras informações

Obras

Notas

  1. AHSTP, Repertório Simples do Fundo Arquivístico: Câmara Municipal de São Tomé e Príncipe, "Livro de registo de pessoal técnico e de administração (1886-1890)", fl.10, 14.

Fontes

AHSTP, Repertório Simples do Fundo Arquivístico: Câmara Municipal de São Tomé e Príncipe, "Livro de registo de pessoal técnico e de administração (1886-1890)".

Bibliografia

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo