Fernando da Câmara Leme Junior

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Fernando da Câmara Leme Júnior
Nome completo Fernando da Câmara Leme Júnior
Outras Grafias valor desconhecido
Pai João Frederico da Câmara Leme
Mãe Maria Carolina Correia Henriques de Noronha
Cônjuge Maria de Madre de Deus de Mello Correia
Filho(s) Maria Luísa da Câmara Leme
Irmão(s) Luís da Câmara Leme, Maria Olímpia Augusta da Câmara Leme, João Frederico da Câmara Leme, José Augusto da Câmara Leme, Júlia da Câmara Leme, Carlos da Câmara Leme
Nascimento 5 março 1831
Lisboa, Lisboa, Portugal
Morte 23 janeiro 1908
Lisboa, Lisboa, Portugal
Sexo Masculino
Religião Cristã
Residência
Residência Lisboa, Lisboa, Portugal
Data Início: 05 de março de 1831
Fim: 23 de janeiro de 1908
Postos
Data Início: 01 de janeiro de 1848
Fim: 19 de maio de 1848
Arma Infantaria

Posto Cabo
Data Início: 20 de maio de 1848
Fim: 08 de junho de 1848
Arma Infantaria

Posto Furriel
Data Início: 09 de junho de 1848
Fim: 24 de setembro de 1848
Arma Infantaria
Cargos
Cargo Apontador
Data Início: 1879
Fim: 1881
Actividade
Actividade Fiscalização
Data Início: setembro de 1878
Local de Actividade Lisboa, Lisboa, Portugal


Biografia

Dados biográficos

Fernando da Câmara Leme Júnior[1] nasceu a 5 de Março de 1831 na freguesia de São José, concelho de Lisboa. Era filho legítimo de D. João Frederico da Câmara Leme e de D. Maria Carolina Correia[2] Henriques de Noronha[3][4], esta natural da freguesia de Nossa Senhora da Luz, de Lisboa, e aquele da freguesia de São Pedro do Funchal, casados a 22 de Novembro de 1812 na freguesia da Sé do Funchal, ilha da Madeira[5]. Era neto paterno de D. Pedro Júlio da Câmara Leme e de D. Helena de Carvalhal Esmeraldo, naturais da freguesia de São Pedro, e neto materno de Fernando Correia Henriques, natural da freguesia da Sé, e de D. Emília Henriques Pinto, natural da cidade de Londres[5].

Casou a 1 de Março de 1862 na freguesia de Santa Isabel, concelho de Lisboa, com D. Maria de Madre de Deus de Mello Correia[2], nascida a 21 de Janeiro de 1839 na mesma freguesia[4]e falecida a 15 de Novembro de 1903 na mesma casa onde faleceu o seu marido[6]. Era filha legítima de Luís de Mello Correia Pereira Midela[7], detentor de acções da companhia de vinhos do Alto Douro[8], e de D. Maria Augusta de Figueiroa[4]. Eram então residentes, D. Fernando na Rua Nova de São Francisco de Paula nº 57, freguesia de Santos, e D. Maria de Madre Deus na Travessa de Santa Gertrudes nº 68, freguesia de Santa Isabel[4].

Desta união nasceu uma única filha, D. Maria Luísa da Câmara Leme, a 22 de Novembro de 1866 na freguesia de Santos-o-Velho, concelho de Lisboa[2].

D. Fernando teve vários irmãos, a saber: D. Luís da Câmara Leme, nascido a 26 de Janeiro de 1819; D. Maria Olímpia Augusta da Câmara Leme, nascida a 2 de Fevereiro de 1820; D. João Frederico da Câmara Leme, nascido cerca de 1825; D. José Augusto da Câmara Leme, nascido na freguesia das Mercês a 28 de Fevereiro de 1827; D. Júlia da Câmara Leme, nascida a 27 de Julho de 1829; e D. Carlos da Câmara Leme, nascido a 19 de Janeiro de 1834[9].

O seu irmão D. José da Câmara Leme - então, alferes no Regimento de Infantaria nº 2 - casou no mesmo dia com com D. Maria Carolina Corrêa Henriques de Noronha, irmã da sua mulher[10].

D. Fernando da Câmara Leme faleceu a 23 de Janeiro de 1908 na Travessa de Santo António nº 28, freguesia de Santos-o-Velho[6][11]. A notícia do seu falecimento foi anunciada na imprensa[12]. Um desses desses exemplos é o Diário do Governo de 25 de Fevereiro de 1908 que, aliás, se refere ao falecido com o posto de major[13].

Carreira

Entre 5 de Março de 1846 e 27 de Dezembro de 1847 serviu como aspirante a guarda marinha[14], tempo que foi contabilizado como serviço efectivo, de acordo com a portaria de 24 de Janeiro de 1864[2].

Assentou praça como voluntário no Regimento de Granadeiros da Rainha em 1 de Janeiro de 1848[15] (portaria de 29 de Abril de 1851, decreto de 13 de Maio do mesmo ano)[16]. Passou a cabo a 20 de Maio, a furriel a 9 de Junho e a 2º sargento a 25 de Setembro de 1848[17]. A 17 de Janeiro de 1851 foi promovido a 1º sargento e a 29 de Abril desse ano ao posto de alferes[16][2][17].

Foi adjunto do Ministério da Guerra, por ofício de 14 de Maio de 1860[17]. Em 1862, passou para o Batalhão de Caçadores nº 3 (Ordem do Exército nº 12 de 19 de Abril de 1862). Em Agosto daquele ano, passou para o Regimento de Infantaria nº 6 (decreto de 5 de Agosto de 1862). Por Ordem do Exército nº 29 de 1 de Outubro, passou para o Regimento de Infantaria nº 14. Por Ordem do Exército nº 11 de 10 de Maio de 1864, passou ao Regimento de Infantaria nº 6. Já no posto de tenente, passou para o Batalhão de Caçadores nº 2, por decreto de 10 de Maio. Por decreto de 16 de Julho, passou a comissões. Sempre no exercício das funções inicialmente referidas[2][18].

Em 1869, por portaria de 18 de Novembro, foi nomeado adjunto da Secretaria de Estado dos Negócios de Guerra. Passou para o Batalhão de Caçadores nº 8 com o posto de capitão, por decreto de 2 de Abril de 1872. Passou ao Regimento de Infantaria nº 8 por Ordem do Exército nº 7 de 8 de Março de 1873. Passou ao Regimento de Infantaria nº 4 por Ordem do Exército nº 12 de 19 de Abril do mesmo ano. Passou ao Regimento de Infantaria nº 8 por Ordem do Exército nº 17 de 4 de Junho do mesmo ano. Passou ao Regimento de infantaria nº 3 por Ordem do Exército nº 24 de 16 de Julho do mesmo ano. Passou ao Batalhão de Caçadores nº 11 por Ordem do Exército nº 43 de 15 de Novembro do mesmo ano. Passou ao Regimento de Infantaria nº 1 por Ordem do Exército nº 9 de 8 de Abril de 1874. Passou a comissão, por Ordem do Exército nº 11 de 20 de Abril do mesmo ano[2][18].

Em Setembro de 1878, foi designado para examinar os trabalhos de inspecção da padaria militar em Lisboa, conduzidos pelo coronel de cavalaria António da Cunha Salgado[19].

No dia 27 de Maio de 1879, solicitou ao rei que fosse enviado para a Província de Angola, para desempenhar o cargo de apontador[20]. Este requerimento foi aceite, já que surge como apontador numa lista de pessoal dos Caminhos de Ferro de Ambaca[21]. Uma guia de viagem datada de Julho de 1880 dá conta que viajou no vapor "Bongo" de Lisboa para Luanda[22].

Durante o seu percurso usufruiu de 120 dias de "licença registada", e 273 dias de licença por motivos de doença[2].

Reformou-se a 14 de Outubro de 1881 (Ordem do Exército nº 31)[2][23].

Outras informações

Em Abril de 1872, o Ministro e Secretário dos Negócios da Guerra do Estado propôs que se agraciasse D. Fernando da Câmara Leme com a Ordem Militar de São Bento de Avis, pelos bons anos de serviço[24][25].

Foi localizada uma concessão de emissão de passaporte, com data de 5 de Março de 1830, a um seu homónimo que, sendo emigrante português no Rio de Janeiro Brasil, fazia intenção de viajar para Montevideo[26]. Um outro seu homónimo de 32 anos, casado com Maria Francisca Rodrigues, faleceu a 19 de Dezembro de 1899, em Barbacena, Minas Gerais, Brasil[27].

Apesar de se desconhecer a data, é um facto de que o seu homónimo que solicitou o passaporte nasceu antes de si. Esta, pode ser uma justificação para que "Junior", associado ao seu nome, apareça no processo do Arquivo Histórico Ultramarino. Justificação não aplicável para o caso do segundo homónimo, uma vez que nasceu cerca de 36 anos depois de si.

Notas

  1. Corrêa, Sangue Novo Sangue Velho, Árv. 52.
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 2,4 2,5 2,6 2,7 2,8 Arquivo Histórico Militar, Livros Mestres, Estações Superiores do Exército, Ministério da Guerra, Livro nº 20 - Matrícula dos oficiais da Direcção Geral (1880-1881), nº 12.
  3. Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Paróquia de São José. Baptismos, 1825-1833, fl. 122v..
  4. 4,0 4,1 4,2 4,3 Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Paróquia de Santa Isabel. Casamentos, 1856-1863, fl. 61-61v., nº 10.
  5. 5,0 5,1 Arquivo e Biblioteca da Madeira. Paróquia da Sé. Casamentos 1807-1822, fls. 77v.-78.
  6. 6,0 6,1 "Editos de trinta dias", Diário do Governo, no. 116, 23 de Maio de 1908, 1492.
  7. Canedo, A Descendência Portuguesa de El-Rei D. João II, 2:395.
  8. "6. Pelo Juizo de Direito da 3ª Vara", Diário do Governo, no. 22, 27 de Janeiro de 1865, 244.
  9. Geneall, "D. João Frederico da Câmara Leme". Visualizado em 2 Fevereiro, 2023.
  10. Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Paróquia de Santa Isabel. Casamentos, 1856-1863, fl. 61v.-32, nº 11.
  11. Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Paróquia de Santos-o-Velho. Óbitos, 1908, fl. 5v., nº 25.
  12. Arquivo Histórico Militar. Divisões. Assuntos Militares Gerais. Cx. 447, proc. 43. "Fernando Câmara Leme - Bilhete de informação. 108".
  13. "Obituário", Diário do Governo, no. 45, 25 de Fevereiro de 1908, 602.
  14. Portaria de 27 de Fevereiro de 1848, Diário do Governo, no. 51, 29 de Fevereiro de 1848, 254.
  15. Arquivo Histórico Militar, Livros Mestres, Regimento de Infantaria nº 2, Livro nº 1 - Regimento de Infantaria de Lagos, de 1763, Livro nº 14 - Livro de Registo do Regimento de Infantaria de Granadeiros da Rainha, 1853, nº 35.
  16. 16,0 16,1 Arquivo Histórico Militar, Livros Mestres, Arma de Infantaria, Regimento de Infantaria nº 14, Livro nº 35 - Livro de Matrícula dos Oficiais e Praças de Pret do Regimento de Infantaria nº 14, de 1864, nº 9.
  17. 17,0 17,1 17,2 Arquivo Histórico Militar. Divisões. Assuntos Militares Gerais. Cx. 447, proc. 43. "Fernando Câmara Leme - Assentamento que tem o livro de registo d' este Regimento (...)".
  18. 18,0 18,1 Arquivo Histórico Militar. Divisões. Assuntos Militares Gerais. Cx. 447, proc. 43. "Fernando Câmara Leme - Notas biográficas. Belém, 11 de Maio de 1874".
  19. Arquivo Histórico Militar. Divisões. Assuntos Militares Gerais. Cx. 447, proc. 43. "Fernando Câmara Leme - Nota de 6 de Setembro de 1878".
  20. Arquivo Histórico Ultramarino. 771/1. 1D. MU. Cx. 1879-1929. Processos Individuais. ANG. "Fernando Câmara Leme".
  21. Arquivo Histórico Ultramarino. 870. 1L. SEMU. DGU. Cx. 1877-1900. Obras Públicas. ANG. "Lista de pessoal do Caminho de Ferro de Ambaca”.
  22. Arquivo Histórico Ultramarino, Secretaria de Estado da Marinha e Ultramar-Direção-Geral do Ultramar (SEMU-DGU), 867,2 1L. 1876-1881, "Obras Públicas. Angola", Angola. “Guia de Julho de 1880”.
  23. Arquivo Histórico Militar. Divisões. Assuntos Militares Gerais. Cx. 447, proc. 43. "Fernando Câmara Leme - Inspecção sanitaria feita no quartel geral da 1ª divisão militar. 10 de Setembro de 1881".
  24. "Agraciados com mercês honoríficas (...)", Diário do Governo, no. 94, 27 de Abril de 1872, [637].
  25. Decreto de 25 de Abril de 1872, Diário do Governo, no. 105, 11 de Maio de 1872, 707.
  26. Biblioteca Nacional Digital Brasil. Projeto Documentos Biográficos: um retrato da vida cotidiana do Império (1808-1868). Módulo: Registro de Estrangeiros. Rio de Janeiro, 1830. "Dossiê Fernando da Camara Leme [manuscrito]".
  27. FamilySearch, Brasil, Minas Gerais, Registos da Igreja Católica 1706-1999, Barbacena, Nossa Senhora da Piedade, Óbitos 1897- Fev-1911, fl. 39v..

Fontes

"6. Pelo Juizo de Direito da 3ª Vara", Diário do Governo, no. 22, 27 de Janeiro de 1865, 244.

"Agraciados com mercês honoríficas (...)", Diário do Governo, no. 94, 27 de Abril de 1872, [637].

Arquivo e Biblioteca da Madeira. Paróquia da Sé. Casamentos 1807-1822, fls. 77v.-78.

Arquivo Histórico Militar. Divisões. Assuntos Militares Gerais. Cx. 447, proc. 43. "Fernando Câmara Leme - Assentamento que tem o livro de registo d' este Regimento (...)".

Arquivo Histórico Militar. Divisões. Assuntos Militares Gerais. Cx. 447, proc. 43. "Fernando Câmara Leme - Bilhete de informação. 108".

Arquivo Histórico Militar. Divisões. Assuntos Militares Gerais. Cx. 447, proc. 43. "Fernando Câmara Leme - Inspecção sanitaria feita no quartel geral da 1ª divisão militar. 10 de Setembro de 1881".

Arquivo Histórico Militar. Divisões. Assuntos Militares Gerais. Cx. 447, proc. 43. "Fernando Câmara Leme - Notas biográficas. Belém, 11 de Maio de 1874".

Arquivo Histórico Militar. Divisões. Assuntos Militares Gerais. Cx. 447, proc. 43. "Fernando Câmara Leme - Nota de 6 de Setembro de 1878".

Arquivo Histórico Militar. Livros Mestres. Arma de Infantaria. Regimento de Infantaria nº 14. Livro nº 35 - Livro de Matrícula dos Oficiais e Praças de Pret do Regimento de Infantaria nº 14, de 1864, nº 9.

Arquivo Histórico Militar. Livros Mestres. Estações Superiores do Exército. Ministério da Guerra. Livro nº 20 - Matrícula dos oficiais da Direcção Geral (1880-1881), nº 12.

Arquivo Histórico Militar. Livros Mestres. Regimento de Infantaria nº 2. Livro nº 1 - Regimento de Infantaria de Lagos, de 1763. Livro nº 14 - Livro de Registo do Regimento de Infantaria de Granadeiros da Rainha, 1853, nº 35.

Arquivo Histórico Ultramarino. 771/1. 1D. MU. Cx. 1879-1929. Processos Individuais. ANG. "Fernando Câmara Leme".

Arquivo Histórico Ultramarino. 867/2. 1L. SEMU. DGU. Cx. 1876-1881. Obras Públicas. ANG. “Guia de Julho de 1880”.

Arquivo Histórico Ultramarino. 870. 1L. SEMU. DGU. Cx. 1877-1900. Obras Públicas. ANG. "Lista de pessoal do Caminho de Ferro de Ambaca”.

Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Paróquia de Santa Isabel. Casamentos, 1856-1863, fl. 61-61v., nº 10.

Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Paróquia de Santa Isabel. Casamentos, 1856-1863, fl. 61v.-32, nº 11.

Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Paróquia de São José. Baptismos, 1825-1833, fl. 122v..

Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Paróquia de Santos-o-Velho. Óbitos, 1908, fl. 5v., nº 25.

Biblioteca Nacional Digital Brasil. Projeto Documentos Biográficos: um retrato da vida cotidiana do Império (1808-1868). Módulo: Registro de Estrangeiros. Rio de Janeiro, 1830. "Dossiê Fernando da Camara Leme [manuscrito]".

Decreto de 25 de Abril de 1872, Diário do Governo, no. 105, 11 de Maio de 1872, 707.

"Editos de trinta dias", Diário do Governo, no. 116, 23 de Maio de 1908, 1492.

"Obituário", Diário do Governo, no. 45, 25 de Fevereiro de 1908, 602.

Portaria de 27 de Fevereiro de 1848, Diário do Governo, no. 51, 29 de Fevereiro de 1848, 254.

Bibliografia

Canedo, Fernando de Castro da Silva. A Descendência Portuguesa de El-Rei D. João II, vol. 2. 3ª ed. Lisboa: Edições Gama, Limitada, 2006.

Corrêa, Manuel de Mello. Sangue Novo Sangue Velho. Lisboa: Instituto Português de Heráldica, 1998.

FamilySearch. Brasil. Minas Gerais. Registos da Igreja Católica 1706-1999. Barbacena. Nossa Senhora da Piedade. Óbitos 1897- Fev-1911, fl. 39v.

Geneall. "D. João Frederico da Câmara Leme". Visualizado em 2 Fevereiro, 2023.

Autor(es) do artigo

Mariana Nicolau

https://orcid.org/0000-0002-1454-1794


Sandra Osório da Silva

Departamento de História, FCSH, Universidade Nova de Lisboa

https://orcid.org/0000-0001-7529-5008

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

https://doi.org/10.34619/smvm-nqgs

Citar este artigo

Nicolau, Mariana e Sandra Osório da Silva. "Fernando da Câmara Leme Junior", in eViterbo. Lisboa: CHAM - Centro de Humanidades, FCSH, Universidade Nova de Lisboa, 2022. (última modificação: 11/07/2024). Consultado a 22 de julho de 2024, em https://eviterbo.fcsh.unl.pt/wiki/Fernando_da_C%C3%A2mara_Leme_Junior. DOI: https://doi.org/10.34619/smvm-nqgs