Francisco Silva Carvalho

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Francisco Silva Carvalho
Nome completo Francisco Ferrari da Silva Carvalho
Outras Grafias valor desconhecido
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) Francisco
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento valor desconhecido
Morte valor desconhecido
Sexo Masculino
Religião valor desconhecido
Formação
Formação Desenho
Data Início: 1879
Local de Formação Lisboa, Lisboa, Portugal
Cargos
Cargo Desenhador
Data Início: 04 de abril de 1877
Fim: 04 de agosto de 1877

Cargo Condutor auxiliar
Data Início: 04 de agosto de 1877
Fim: 17 de setembro de 1890

Cargo Condutor de 2ª classe
Data Início: 17 de agosto de 1890

Cargo Condutor de 2ª classe
Data Início: 1890
Fim: 04 de janeiro de 1896

Cargo Condutor de 2ª classe
Data Início: 04 de janeiro de 1896
Fim: 22 de março de 1899


Biografia

Dados biográficos

Até ao momento desconhece-se a data de nascimento e falecimento de Francisco Ferrari da Silva Carvalho. Da sua formação, sabe-se que cursou desenho no Liceu Nacional de Lisboa em 1873.

Teve um filho, Francisco, menor de idade em 1895[1].

Carreira

A 28 de março de 1877, solicitou integrar a expedição à África Ocidental como desenhador de 2ª classe. Foi nomeado a 4 de Abril de 1877 para o cargo de desenhador de 2ª classe do quadro técnico da Direcção das Obras Públicas de Angola. Regressou ao reino a bordo do transporte de guerra "Índia", com guia do director das Obras Públicas de Angola, em 13 de Junho de 1877. Foi dispensado do serviço de desenhador por portaria de 4 de Agosto de 1877[2].

Por portaria de 17 de Setembro de 1890, foi promovido de condutor auxiliar da Direcção das Obras Públicas de Angola ao lugar vago de condutor de 2ª classe do quadro técnico da Direcção das Obras Públicas de São Tomé e Príncipe[3].

Foi mandado prestar serviço temporariamente no distrito do Congo, em Angola, por telegrama dirigido ao governador de Luanda em (espaço em branco e sem data), tendo estado em serviço durante oito anos[3].

A 13 de Fevereiro de 1895, encontrava-se em Cabinda e a 29 de Março desse ano o Governador Geral de Angola solicitava que fosse retirado do quadro técnico juntamente com o condutor Viriato Leite de Castro. A 15 de Maio era solicitada a sua exoneração.

Gozou de licença de um ano, tendo viajado para o reino a 31 de Julho de 1895[1] e se apresentado na repartição a 17 de Agosto de 1895. A 4 de Fevereiro de 1896, durante a estadia em Lisboa, pediu a transferência para a Direcção das Obras Públicas de São Tomé e Príncipe[4]. Regressou a Angola desistindo do resto da licença em 23 de Março de 1896. A 1 de Abril de 1896, foi transferido para as Obras Públicas de São Tomé e Príncipe.

Novamente em São Tomé, a 5 de Setembro de 1896, pediu uma licença primeiro de 4 meses e depois mais 6 meses, para tratar de negócios particulares na ilha de São Tomé[5]. A 6 de Março de 1898, viajou para o reino para mais uma licença de 6 meses e apresentou-se na repartição a 24 de Março de 1898.

Passou à reserva de disponibilidade por portaria do governador em 22 de Março de 1899.

Notas

  1. 1,0 1,1 Arquivo Histórico Ultramarino. 764/3. 1D. MU. Cx. 1877-1933. Processo Individuais. STP. “Francisco Ferrari da Silva Carvalho”, 31 de Julho de 1895.
  2. Arquivo Histórico Ultramarino. 764/3. 1D. MU. Cx. 1877-1933. Processo Individuais. STP. “Francisco Ferrari da Silva Carvalho”, 4 de Agosto de 1877.
  3. 3,0 3,1 Arquivo Histórico Ultramarino. 764/3. 1D. MU. Cx. 1877-1933. Processo Individuais. STP. “Francisco Ferrari da Silva Carvalho”, 22 de Setembro de 1890.
  4. Arquivo Histórico Ultramarino. 764/3. 1D. MU. Cx. 1877-1933. Processo Individuais. STP. “Francisco Ferrari da Silva Carvalho”, 4 de Fevereiro de 1896.
  5. Arquivo Histórico Ultramarino. 764/3. 1D. MU. Cx. 1877-1933. Processo Individuais. STP. “Francisco Ferrari da Silva Carvalho”, 22 de Novembro de 1897.

Fontes

Arquivo Histórico Ultramarino. 428. 1N. SEMU. MU. DGU. Liv. 1893-1919. ULT. Obras Públicas-Pessoal.

Arquivo Histórico Ultramarino. 905. 1N. SEMU. DGU. Liv. 1880-1892. ULT. Registo do pessoal das obras públicas.

Arquivo Histórico Ultramarino. 764/3. 1D. MU. Cx. 1877-1933. Processo Individuais. STP. “Francisco Ferrari da Silva Carvalho”, 3 de Outubro de 1896.

Arquivo Histórico Ultramarino. 764/3. 1D. MU. Cx. 1877-1933. Processo Individuais. STP. “Francisco Ferrari da Silva Carvalho”, 4 de Agosto de 1877.

Arquivo Histórico Ultramarino. 764/3. 1D. MU. Cx. 1877-1933. Processo Individuais. STP. “Francisco Ferrari da Silva Carvalho”, 4 de Fevereiro de 1896.

Arquivo Histórico Ultramarino. 764/3. 1D. MU. Cx. 1877-1933. Processo Individuais. STP. “Francisco Ferrari da Silva Carvalho”, 22 de Novembro de 1897.

Arquivo Histórico Ultramarino. 764/3. 1D. MU. Cx. 1877-1933. Processo Individuais. STP. “Francisco Ferrari da Silva Carvalho”, 22 de Setembro de 1890.

Arquivo Histórico Ultramarino. 764/3. 1D. MU. Cx. 1877-1933. Processo Individuais. STP. “Francisco Ferrari da Silva Carvalho”, 28 de Março de 1877.

Arquivo Histórico Ultramarino. 764/3. 1D. MU. Cx. 1877-1933. Processo Individuais. STP. “Francisco Ferrari da Silva Carvalho”, 31 de Julho de 1895.

Autor(es) do artigo

Mafalda Pacheco

CHAM - Centro de Humanidades, FCSH, Universidade Nova de Lisboa

https://orcid.org/0000-0002-1091-6325

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

https://doi.org/10.34619/qelz-n6t0

Citar este artigo

Pacheco, Mafalda. "Francisco Silva Carvalho", in eViterbo. Lisboa: CHAM - Centro de Humanidades, FCSH, Universidade Nova de Lisboa, 2022. (última modificação: 11/07/2024). Consultado a 25 de julho de 2024, em https://eviterbo.fcsh.unl.pt/wiki/Francisco_Silva_Carvalho. DOI: https://doi.org/10.34619/qelz-n6t0