Iconologia

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search

Deriva-se do grego, eicon, imagem e logos, discurso. Usam pintores, imaginários, estatuários, etc. Desta palavra para significar a representação das virtudes, vícios, e outras coisas morais ou naturais com aparência de pessoas vivas, como se pode ver no livro intitulado, Iconologia de César Ripa, autor italiano. Teve a iconologia origem das ficções dos poetas, que aos seus falsos numes atribuíram armas, insígnias e vestiduras demonstrativas de suas imaginárias excelências. E assim, para os diferenciar, representavam a Saturno velho e com uma foice, a Marte armado de raios com uma águia ao lado [o Bluteau enganou-se aqui, é Zeus], a Neptuno com tridente, sentado em um carro, tirado por cavalos marinhos, a Plutão com um forcado em um carro de quatro cavalos negros, emparelhados. A Cupido com os olhos vendados, com a tocha acesa, com arco, frescas e aljava. A Apolo, ora com arco e frechas, ora com lira ou cítara, a Mercúrio com caduceu na mão, com galera na cabeça e talares nos pés, a Baco coroado de folhas de hera, armado de um tirso, vestido de uma pele de tigre ou num carro puxado por tigres e seguido das Ménades ou Bacantes, a Hércules, coberto de uma pele de leão com a clava, a Juno arrebatada pelos ares numa nuvem com um pavão ao lado, Vénus em um carro, tirado por cisnes ou pombos, Palas com capacete na cabeça encostada no escudo chamado Égide e ao lado uma coruja, ave que lhe foi dedicada, Diana em trajos de caçadora com arco e setas, Ceres com com uma folha e uma pávea. Do mesmo modo os pnitores e escultores nos representam as virtudes e os vícios, as estações do ano e os rios com corpos e com suas divisas, representam a fortaleza com rosto varonil e hábito guerreiro, assentada encostada numa figura cúbica com um leão aos pés, a Prudência com um espelho, em que está enroscada uma serpente, a Temperança com um freio, a Justiça com uma espada e uma balança, a Fortuna vendada e com uma roda, a Ocasião com cabelos por diante e calva por trás, aos rios com urnas e coroas, etc. Iconologia, ae. Fem.[1].

Notas

  1. Bluteau, Vocabulario Portuguez e latino (Tomo IV: I), 22.

Bibliografia e Fontes

  • Bluteau, Rafael. Vocabulario portuguez e latino, aulico, anatomico, architectonico, bellico, botanico, brasilico, comico, critico, chimico, dogmatico, dialectico, dendrologico, ecclesiastico, etymologico, economico, florifero, forense, fructifero... autorizado com exemplos dos melhores escritores portugueses, e latinos... Tomo IV: Letra F-J. Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de Jesu, 1713.