Jardim

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search

Pedaço de chão repartido em canteiros ou quadros de murta, em que se dispõem e cultivam flores. Deriva-se jardim do hebraico jahar como quer Mitalier, Jahar sylvam Hebraei indigitant ou do alemão gartem que significa o mesmo, da qual voz fizeram os italianos Giardino, os franceses jardin pronunciando-o pelo seu modo. Derivam outros jardim do grego ardenein, acrescendo-lhe no princípio um J porque ardem quer dizer regar e não tem jardim que o não rega. Certo autor deriva jardim do arábico riardim, largando o R, e Riar em arábico é o mesmo que em latim Viridarium. Há homens doidos por jardins, esferas de astros odoríferos e vegetantes estrelas. Alcínoo, rei dos Feacos, na ilha de Coreira, cavava o seu jardim e com suas próprias mãos o estercava. Plin. Liv. 17, cap. 19. Alexandre Magno ficou tão satisfeito do cuidado co que Abartómio, seu jardineiro, cultivava as flores, que o fez rei da cidade de Sídon. Curt. e Plutarch. Osmão, imperador dos turcos, em prémio do Garbo, com que viera o sue hortelão dispor uma couve, o fez vice-rei de Chipre. Hortus, i. Masc. Cic. ou solum floreis, areis ou areolis distinctum ou divisum in floreos pulvinos solum ou descriptum arte topiaria solum, i. Neut.

Jardim pequeno. Hortulus, i. Masc. Cic.

Concernente a jardim, ou que cresce nos jardins. Hortensis, is. Masc. e Fem. ense, is. Neut. ou Hortensius, a, um. Plin.

Fazer um jardim. Hortum instruere. Cic.

Jardim partido em socalcos. Horti pensiles. Plin.

Lavores que se fazem nos jardins tosquiando a murta ou buxo, ou qualquer outra planta e dando-lhe várias figuras. Topia, orum. Neut. Plur. ou Topiorum varietates, Vitruv. ou Historiale opus. Plin. ou Topiarium opus. Cic. (por estas últimas palavras entendem alguns uns países representados em painéis ou em tapeçarias). A arte de fazer estes lavores. Ars topiaria ou topiaria só subintelligitur ars. Fazer nos jardins este género de lavores. Topiariam facere. Cic. Coisa concernente a este género de lavores. Topiarius, a, um. Cic.[1].

Notas

  1. Bluteau, Vocabulario Portuguez e latino (Tomo IV: I), 15.

Bibliografia e Fontes

  • Bluteau, Rafael. Vocabulario portuguez e latino, aulico, anatomico, architectonico, bellico, botanico, brasilico, comico, critico, chimico, dogmatico, dialectico, dendrologico, ecclesiastico, etymologico, economico, florifero, forense, fructifero... autorizado com exemplos dos melhores escritores portugueses, e latinos... Tomo IV: Letra F-J. Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de Jesu, 1713.