João de Afonseca Bettencourt

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


João de Afonseca Bettencourt
Nome completo João de Afonseca Bettencourt
Outras Grafias João da Fonseca Bettencourt, João Afonso da Fonseca Bittencourt, João Afonso D'Afonseca Bittencourt
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento valor desconhecido
Morte valor desconhecido
Sexo Masculino
Religião valor desconhecido


Biografia

Dados biográficos

Carreira

Outras informações

Obras

No Arquivo Histórico do Exército,no Rio de Janeiro, constam os seguintes trabalhos:

Topografia da barra e rio do Espírito Santo, o qual dá nome a toda esta Capitania para se verem com  distinção  todas as villas , fortalezas, portos e ilhas que estão desde a sua foz  até além da Villa da Victória capital dela (...) Esta planta foi tirada por José Antonio Caldas, capitão de infantaria com exercício de Engenheiro e lente da Aula Régia das Fortificações da Bahia, que foi mandado a esta diligencia pelo Illmo e Exmo  Sr Conde de Azambuja Governador e Capitão General desta Capitania e copiada por João da Fonseca Bittencourt, praticante com partido na mesma Aula, o qual acompanhou ao dito lente nesta diligencia. Bahia 10 de Outubro de 1767, Copiado pelo Cap Luis Pedro Lecor em 1861, monocromático, nanquim, aquarela, com nota explicativa, com legenda, com rosa dos ventos, escala em braças, papel canson telado, 67,5cm x 53,5cm[1].

Planta topográfica que mostra em ponto maior a Ilha de Boi que forma a barra principal do rio do Espírito Santo  que vai ter a Villa do mesmo nome e também a Villa da Victória, capital da capitania do Espírito Santo (...)   Bahia 10 de Outubro de 1767. Esta planta foi tirada pelo capitão Engenheiro José Antonio Caldas, lente da Aula Régia das Fortificações desta Cidade, que foi mandado aquela  capitania a esta diligencia pelo Illmo e Exmo  Sr Conde de Azambuja Governador e Capitão General desta Capitania e foi copiada por João de Afonseca Bittencourt, Acadêmico com partido na dita Aula,que acompanhou o dito lente neste diligencia. Colorida, nanquim, ferro-gálica, tinta colorida, aquarela, com nota explicativa, com rosa dos ventos, escala em braças, papel canson telado, 52cm x 32,5cm[2].

Topografica da barra e rio do Espírito Santo, o qual dá nome a toda esta Capitania para se verem com  distinção  todas as villas , fortalezas, portos e ilhas que estão desde a sua foz  até além da Villa da Victória capital dela (...) Esta planta foi tirada por José Antonio Caldas, capitão de infantaria com exercício de Engenheiro e lente da Aula Régia das Fortificações da Bahia, que foi mandado a esta diligencia pelo Illmo e Exmo  Sr Conde de Azambuja Governador e Capitão General desta Capitania e copiada por João de Afonseca Bittencourt, praticante com partido na mesma Aula, o qual acompanhou ao dito lente nesta diligencia. Bahia 10 de Outubro de 1767, colorido, nanquim, ferro-gálica, tinta colorida, aquarela, com nota explicativa, com legenda, com rosa dos ventos, escala em braças, papel canson telado, 62,5cm x 53cm[3].

Notas

  1. Arquivo Histórico do Exército - Brasil (AHEx). Cota: AHE 05.25.1174
  2. Arquivo Histórico do Exército - Brasil (AHEx). Cota: AHE 05.29.1199
  3. Arquivo Histórico do Exército - Brasil (AHEx). Cota: AHE 05.29.1203

Fontes

Arquivo Histórico do Exército - Brasil (AHEx)

Bibliografia

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo