João de Melo de Sampaio

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


João de Melo de Sampaio
Outras Grafias João de Mello de Sampayo, João de Mello Sampayo
Nascimento 10 de abril de 1832
[[Santa Inês, Pangim,-]]
Morte 06 de fevereiro de 1909
Formação
Formação Engenheiro Militar
Instituição de Formação [[Escola Matemática e Militar de Goa]]
Postos
Posto Soldado
Data Início: 1848
Arma Artilharia

Posto Tenente
Data Início: 1855
Arma Engenharia

Posto General
Data Fim: 06 de fevereiro de 1909
Cargos
Cargo Professor substituto
Data Início: novembro de 1858
Instituição [[Escola Matemática e Militar de Goa]]


Biografia

Dados biográficos

Carreira

Soldado de artilharia em 1848,. Tenente de engenharia em 1855. Aluno da Escola Mathemática e Militar . Prof. Substituto na Escola Mathemática e Militar por portaria de Novembro de 1859[1].

Foi Professor na Escola Matemática e Militar de Goa, Professor e director do Instituto Profissional de Goa e reitor do Liceu Nacional de Nova Goa.

Chefe da Repartição Militar, Vogal da Junta Geral de Província e dos Conselhos de Governo, de instrução publica e de Agricultura.

Fez duas vezes parte do Conselho de Governo entre 1897 e 1900.

Pertencia ao antigo exército da Índia, arma de engenharia.

Comenda da Ordem de Aviz e da Conceição. Tinha recebido duas condecorações: de comprotamento exemplar e da expedição à Índia em 1895.

Colaborador de diversos jornais, almanaques e revistas, entre as quais da Revista "O Oriente Português"[2].

Outras informações

Obras

Notas

  1. AHU. 2090. 1L. SEMU. DGU. liv 1860_1861. Inform anual dos oficiais do Corpo de Engenheiros. IND.
  2. Gracias, José António Ismael. “João de Mello de Sampayo.” O Oriente Português. Revista Da Commissão Archeologica Da India Portugueza. 06, no. 1–2 (1909): 68–69.

Fontes

Bibliografia

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo