João de Sousa Pinel

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


João de Sousa Pinel
Nome completo João de Sousa Pinel
Outras Grafias João de Souza Piñel
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento valor desconhecido
Morte valor desconhecido
Sexo valor desconhecido
Religião valor desconhecido
Postos
Posto Capitão-general
Data Início: 14 de dezembro de 1620
Actividade
Actividade Acompanhamento de obra
Data Início: 1621


Biografia

Dados biográficos

Até ao momento desconhecem-se os dados biográficos de João de Sousa Pinel.

Carreira

De acordo com registo de 1621, as obras de refortificação da praça de Soar, sita na Península Arábica, foram decorrendo sob orientação do capitão João de Sousa Pinel. Em carta do vice-rei datada de Fevereiro de 1621, indicava-se que, a partir de então, a fortaleza já podia ser defendida pelo número de homens que por lá estavam, graças ao grande progresso conseguido aos cuidados de Sousa Pinel. Na mesma praça, construiu igualmente as denominadas “casas do Basaar”..

Na "Carta do Vice-rei da Índia ao Rei de Portugal acerca das ajudas e munições enviadas a Soar e Mascate", datada de 14 de Dezembro de 1620, vem referido que Gonçalo Pereira de Miranda, capitão em Soar, morrera, o que muito aborreceu os habitantes. A nomeação do rei deveria recair em Amaro Rodrigues, contudo o vice-rei colocou-o em suspenso, e nomeou em sua substituição João de Sousa Pinel, justificando segundo as capacidades e zelo do último, bem como a popularidade junto dos habitantes da praça.

João de Sousa Pinel esteve ainda envolvido nas obras do castelo, que tinha o propósito de ser defendido pela guarnição lá presente, uma vez que a fortaleza existente tinha sido feita segundo o modelo mouro, com diversos baluartes em adobe e de perímetro tão amplo que seriam necessários 300 homens para a defender. Todos os disponíveis auxiliaram na execução da obra.[1]

Outras informações

Obras

Notas

  1. Documentos Remetidos da Índia, Lv. 15, fol. 51v..-53. Carta do Vice-rei da Índia ao Rei de Portugal acerca das ajudas e munições enviadas a Soar e Mascate, datada de 14 de Dezembro de 1620, citado em Jansen, Portugal in the Sea of Oman, 5:113-138.

Fontes

Documentos remetidos da Índia ou livros das monções, publicados de ordem da Classe de Sciencias Moraes, Políticas e Bellas-Lettras da Academia Real das Sciencias de Lisboa. T. 7. Lisboa: Imprensa Nacional Casa da Moeda, 1880-1982, 32.

Bibliografia

Dias, Pedro. O espaço do Índico. História da Arte Portuguesa no Mundo (1415-1822). Lisboa: [s. ed.], 1998.

Jansen, Michael, e Abdulrahman Al-Silimi (ed.). Portugal in the Sea of Oman. Religion And Politics. Research On Documents - Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Transcriptions. 5:113-138. Muscat, Sultanate of Oman: Research Center Indian Ocean (RIO), GUTech and Ministry of Endowment and Religious Affairs. Germany: Georg Olms Verlag AG, 2015.

Lizardo, João Mário Palla. "Vestígios da Expansão Portuguesa na Costa Oriental da Arábia – A Documentação histórica face aos vestígios arqueológicos". Dissertação de Mestrado, Universidade Nova de Lisboa, 2013.

Autor(es) do artigo

Jorge Correia

Lab2PT, Universidade do Minho

https://orcid.org/0000-0003-1536-2314

Ana Lopes

Lab2PT, Universidade do Minho

https://orcid.org/0000-0002-3110-3016

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

https://doi.org/10.34619/lpo4-icwe

Citar este artigo

Correia, Jorge e Ana Lopes. "João de Sousa Pinel", in eViterbo. Lisboa: CHAM - Centro de Humanidades, FCSH, Universidade Nova de Lisboa, 2022. (última modificação: 18/12/2023). Consultado a 19 de julho de 2024, em https://eviterbo.fcsh.unl.pt/wiki/Jo%C3%A3o_de_Sousa_Pinel. DOI: https://doi.org/10.34619/lpo4-icwe