Joaquim José Fernandes Arez

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Joaquim José Fernandes Arez
Nome completo valor desconhecido
Outras Grafias valor desconhecido
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento 21 agosto 1839
Pangim, Tiswadi, Goa,-
Morte 28 janeiro 1903
Lisboa, Portugal
Sexo Masculino
Religião valor desconhecido
Postos
Data Fim: abril de 1858
Arma Artilharia

Posto Tenente
Data Início: 1865
Cargos
Cargo Professor
Data Início: 1868

Cargo Chefe de secção
Data Início: 1879
Actividade
Data Início: 1865
Local de Actividade Satari, Goa, Índia

Data Início: 1870
Local de Actividade Satari, Goa, Índia

Data Início: 1871
Local de Actividade Goa, Índia


Biografia

Dados biográficos

Joaquim José Fernandes Arez estudou na Escola Matemática e Militar de Goa.

Carreira

Assentou praça em 1858. Engenheiro, Chefe de Secção das Obras Públicas Civis do Estado da Índia em 1870. Tenente em 1871. Em 1879 era Chefe da 1ª Secção das Obras Públicas (Pangim) e Secretário do Conselho Técnico. Executou o levantamento da região de Satari (1866, 1869), trabalho sobre o qual escreveu duas publicações. Foi professor de Matemática na Escola de Matemática e Militar de Goa. Foi Administrador do Concelho de Pondá. Foi Comissário do Sal e do Abcari, cargo que detinha quando se reformou. Foi deputado pela Índia. Comissário Geral das Alfandegas e vogal efectivo da Junta Consultiva do Ultramar.

Outras informações

A servir na Índia, o tenente de engenheiros por decreto de 8 de setembro de 1877, foi nomeado segundo engenheiro das Obras Públicas de Cabo Verde, destinado a fiscalizar todos os trabalhos da Guiné. O engenheiro, respondendo ao ofício recusou-se a ir para a Guiné.

Obras

Notas


Fontes

Boletim do Governo do Estado da Índia nº 72, 16 Set 1870, PP nº 252, pp. 661-662; nº 2, 7 Jan 1871, PP nº 8, p.6; nº 67, PP nº 575, 29 Ago 1879, p. 549.

Forjaz, Jorge, Noronha, José Francisco de. Os Luso-Descendentes da Índia Portuguesa. Lisboa: Fundação Oriente, 2003, Vol I, p. 153.

Informação annoal dos Officiaes do Corpo de Engenheiros, Relativo a 1868 e referido ao 1º de Janeiro de 1869. In AHU. Nº Ordem 1876. Cód 1L.

Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira. Lisboa: Editorial Enciclopédia, s.d., Vol 3, p. 182. Processo individual. AHU. Nº Ordem 789. Cód. 1D.

Bibliografia

Faria, Alice Santiago. L’Architecture Coloniale Portugaise à Goa. Le Département Des Travaux Publics, 1840-1926. Saarbrücken: Presses Académiques Francophones, 2014, p. 540.

Ligações Externas

Ochoa F.A. Joaquim José Fernandes Arez in O Occidente, Revista illustrada de Portugal e do Extrangeiro. 26ºAno, XXVI Volume, N. 868, 10 de Fevereiro de 1903, pp. 31-32 [1]


Autor(es) do artigo

Fernando Pires

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo