Levadiço

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search

Ponte levadiça ou levadissa. É formada de tabuões e com cadeias colaterais se pode levantar e abaixar, quando se quer para segurança e serventia da praça. Há muitas castas de pontes levadiças, umas incorporadas nas pontes principais a que chamam dormentes, outras com flechas direitas ou inclinadas para o meio da dormente, etc. Veja-se a descrição delas no autor do Método Lusitânico. Pons, qui ductariis catenis attollitur, ac deprimitur.

Porta levadiça. Para maior segurança de uma fortaleza se acomoda na ponte dormente a porta levadiça que se costuma fazer de grades, como rede, por ficar mais leve com os paus que a formam de conveniente grossura, forrados de folhas de Flandres, e nas pontas das frechas vão as cadeias que passam pelas azelhas de ferro, pregadas na ponte, e se amarram numas escápulas. Porta cataracta, ae. Fem. (...)[1].

Notas

  1. Bluteau, Vocabulario Portuguez e latino (Tomo V: L), 91.

Bibliografia e Fontes

  • Bluteau, Rafael. Vocabulario portuguez e latino, aulico, anatomico, architectonico, bellico, botanico, brasilico, comico, critico, chimico, dogmatico, dialectico, dendrologico, ecclesiastico, etymologico, economico, florifero, forense, fructifero... autorizado com exemplos dos melhores escritores portugueses, e latinos... Tomo V: Letra K-NYS. Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de Jesu, 1716.