Luís Cândido Cordeiro

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Luís Cândido Cordeiro
Nome completo Luís Cândido Cordeiro Pinheiro Furtado
Outras Grafias Luís Pinheiro Furtado
Pai Francisco Xavier Magro Pinheiro Furtado
Filho(s) Luís Pinheiro Furtado
Nascimento 1750
[[Matriz, Borba, Portugal]]
Morte 30 de março de 1822
[[Lisboa, Lisboa, Portugal]]
Formação
Formação Aula Militar
Instituição de Formação [[Academia Militar da Corte]]
Postos
Posto Sargento-mor
Data Início: 22 de outubro de 1770
Fim: 1776
Arma Infantaria

Posto Capitão
Data Fim: 8 de agosto de 1799

Posto Tenente coronel
Data Início: 8 de agosto de 1799
Fim: 8 de agosto de 1805
Cargos
Cargo Ajudante de engenheiro
Data Início: 11 de outubro de 1769

Cargo Engenheiro
Data Início: 22 de outubro de 1770
Fim: 1776
Instituição [[Capitania Geral de Angola]]

Cargo Engenheiro
Data Fim: 8 de agosto de 1799
Instituição [[Real Corpo de Engenheiros]]

Cargo Engenheiro
Data Início: 8 de agosto de 1799
Fim: 8 de agosto de 1805
Instituição [[Capitania do Rio de Janeiro]]


Biografia

Dados biográficos

Pai de Luís Pinheiro Furtado, também engenheiro.

(Viterbo cria duas entradas para ele, uma sob o nome Luís Pinheiro Furtado, sem se aperceber que são o mesmo.)

Carreira

Discípulo do número da aula militar da Academia Militar da Corte.

Promovido a ajudante de infantaria com exercício de engenheiro a 11 de outubro de 1769.

Promovido a sargento-mor de infantaria com exercício de engenheiro para servir seis anos em Angola, a 22 de outubro de 1770.

A 8 de agosto de 1799 era capitão do Real Corpo de Engenheiros e promovido a tenente coronel para a capitania do Rio de Janeiro por seis anos[1].

Outras informações

Obras

Notas

  1. Viterbo, Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol II, 276 e Vol III, 262.

Fontes

Bibliografia

Ligações Externas


Autor(es) do artigo

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo