Poedouros

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search

Fios de seda ou de outra matéria que se embebem com a tinta do tinteiro para a comunicar à pena. Fila serica, atramento imbuta ad intingendum calamum. Também há poedouros de pintores (Neste licor botai panos e os tornai a enxugar muitas vezes para os poedouros. Nunes, Arte da Pintura, 65)[1].

Notas

  1. Bluteau, Vocabulario Portuguez e latino (Tomo VI: P), 566.

Bibliografia e Fontes

  • Bluteau, Rafael. Vocabulario portuguez e latino, aulico, anatomico, architectonico, bellico, botanico, brasilico, comico, critico, chimico, dogmatico, dialectico, dendrologico, ecclesiastico, etymologico, economico, florifero, forense, fructifero... autorizado com exemplos dos melhores escritores portugueses, e latinos... Tomo VI: Letra O-P. Coimbra: Collegio das Artes da Companhia de Jesu, 1716.