Ponto

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search

Definição

Glossário

Ponto, na óptica, dióptrica e perspectiva. Ponto principal é uma linha considerada da pessoa que olha ao objecto e este ponto de vista é o que no painel se acha cruzado com o raio principal. Pontos de distância são os dois pontos da linha horizontal, igualmente afastados de uma e outra parte do ponto principal, e é a longitude que vai da pessoa até ao objecto. O ponto acidental de uma linha recta é um ponto do painel ao lugar em que o cruza uma linha recta que corre paralela do olho à linha proposta. Todas as linhas paralelas umas das outras e não ao painel tem o mesmo ponto acidental e as que estão paralelas ao painel, não tem ponto acidental. O ponto do concurso é aquele ao qual os raios visuais reciprocamente inclinados e suficientemente prolongados se juntam e se unem no meio. O ponto da reflexão é aquele em que o raio da incidência topa na superfície do espelho e onde se faz a reflexão; também lhe chamam ponta da incidência. Ponto da refracção é o em que se faz a refracção, etc[1].

(...) Ponto também se diz dos sinais divididos uns dos outros no pau, com que os sapateiros tomam a medida dos sapatos; fulano calça tantos pontos, etc. Ponto se chama o furo dos estribos, levantar ou baixar os estribos de um ponto de dois pontos, etc.

(...) Ponto de costura. Ponto real é o que não tem avesso nem direito. Ponto de espiga é o que fica em cruz. Ponto de cadeia, é de pontos encadeados. Ponto de nós fica em nosinhos. Ponto aberto fica em arcos. Ponto jardim é o de que se faz o ponto de Veneza de voltas bordadas. Ponto adiante é quando se deixam três fios de pano e se tomam três. Ponto atrás se faz tomando dois fios de pano para diante e outros dois para trás. Destes pontos se fazem todas as boas costuras.

(...) (Termo de lapidário) ponto nos diamantes é um argueirosinho que, se a pedra é boa, por pequeno que seja, basta para responder a todas as facetas do lavrado. Não sei que tenha palavra própria latina; eu lhe chamara naevulus, i. masc. Aul. Gelio usou deste diminutivo[2].


Furo que se faz com uma agulha ; a linha que fica entre dois furos da agulha de coser ; renda feita com a agulha ; denominação de vários trabalhos de tapeçaria ; em linguagem de sapataria, medida que corresponde a 2/3 de um centímetro. Cf. Glossário Portas Adentro, ICS-uMinho

Referências Documentais

Outras informações

Obra

Notas

  1. Bluteau, Vocabulario Portuguez e latino (Tomo VI: P), 602.
  2. Bluteau, Vocabulario Portuguez e latino (Tomo VI: P), 604.

Fontes

Bibliografia

Bluteau, Rafael, Vocabulário Português e Latino…, 8 vols. e 2 Suplementos. Coimbra: Colégio das Artes da Companhia de Jesus, 1712-1728.

Moraes, António de, Novo Dicionário Compacto de Língua Portuguesa, 5 vols. Mem Martins: Horizonte, 1980.

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

André Filipe Neto e Maria Teresa Oliveira ; Andreia Fontenete Louro

Financiamento

Fundação Calouste Gulbenkian - Projetos de Investigação em Língua e Cultura Portuguesa 2019, Ref.: 227751.

DOI

Citar este artigo