Tapeçarias da Conquista de Túnis

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search
Tapeçarias da Conquista de Túnis

Descrição

Havia várias séries deste conjunto de tapeçarias que narravam a conquista de Túnis (1535), na qual participou o infante D. Luís, irmão de D. João III. Eram muito famosas na Península Ibérica e na restante Europa.

A infanta D. Maria, irmã de D. Luís, possuía uma colecção destas tapeçarias. Também existiam no mosteiro do Carmo, onde aparecem em 1622 a decorar a igreja aquando da celebração da canonização de Santa Teresa.

Na festividade celebrada no paço da Ribeira em 1669, por ocasião do baptizado da infanta D. Isabel, filha de D. Pedro II e de D. Maria Francisca Isabel de Sabóia, uma das salas estava adornada com as tapeçarias de Túnis.

Notas

Bibliografia e Fontes

  • Enríquez de Villegas, Diego, Piramide natalicio y baptismal a la Soberana... Magestad De la... Reyna D. Maria Francisca Isabel de Saboya, Princeza de Portvgal delineava D. Diego Enriquez de Villegas. En Lisboa En la Emprenta de Antonio Craesbeeck de Mello, 1670. 
  • Sant’Anna, Fr. José Pereira, Chronica dos Carmelitas da Antiga, e Regular Observancia nestes Reynos de Portugal, Algarves e seus Dominios. Lisboa: na Officina dos Herdeiros de Antonio Pedrozo Galram, 1745-1751. 

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

DOI

Citar este artigo