Tapeçarias de Pastrana

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search
Tapeçarias de Pastrana
Autor oficina de Passchier Grenier, Tournai (atrib.)
Data c. 1471-1475
Dimensões c. 4 m  × c. 10 m 
Localização Museo de la Colegiata de Nuestra Señora de la Asunción, Pastrana (Guadalajara)

Descrição

Conjunto de quatro tapeçarias representando o desembarque, o cerco de e a tomada de Arzila e a entrada em Tânger por D. Afonso V. Possivelmente foram encomendadas pelo próprio monarca, que as protagoniza. Faria e Sousa, no século XVII, diz ter visto uma delas na Casa do Infantado de Castela, mas não se conhecem as circunstância exactas em que passaram a ser património do Infantado. Durante muito tempo julgou-se que estavam desaparecidas, até terem sido encontradas por Reinaldo dos Santos e José de Figueiredo na Igreja de Nossa Senhora da Assunção em Pastrana, em 1915.

Notas


Bibliografia e Fontes

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

DOI

Citar este artigo