Terrina em forma de selha

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search
Terrina em forma de selha
Autor Real Fábrica do Rato
Data 1771-1779
Técnica Faiança
Dimensões 30,2 cm  × 30 cm 
Localização Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa

Historial

Na Exposição Retrospectiva de Arte Ornamental Portuguesa e Espanhola encontram-se algumas terrinas com esta descrição. Uma delas, que provavelmente será a de que esta página fala (pois foi transferida do Palácio das Necessidades), pertencia ao rei D. Fernando II, figurando na sala F com o número 46, sendo descrita como "Celha com peixes em vulto na tampa. Fabrica portugueza do Rato. Seculo XVIII"[1].

Na mesma exposição, na Sala E, figurou um "Par de celhas com tampas figurando peixes; pintura a amarello e roxo. marca nº 35, Altura 0,16 m. Diamtreo 0,28m" que pertenciam aos duques de Palmela[2].

Existe uma outra na Fundação Ricardo Espírito Santo Silva[3] e uma tampa de outra no Museu Nacional de Machadod e Castro[4].

Descrição

"Terrina em forma de selha e na tampa um amontoado de peixes. Decoração policroma (azul, amarelo e roxo ) imitando a textura da madeira e dos peixes[5]".

Notas

  1. Catalogo illustrado da exposição retrospectiva de arte ornamental portugueza e hespanhola. (Lisboa: Imprensa Nacional, 1882), 244.
  2. Catalogo illustrado da exposição retrospectiva de arte ornamental portugueza e hespanhola. (Lisboa: Imprensa Nacional, 1882), 268.
  3. vide http://www.fress.pt/Default.aspx?Tag=CONTENT&ContentId=23
  4. vide http://www.matriznet.dgpc.pt/MatrizNet/Objectos/ObjectosConsultar.aspx?IdReg=156844
  5. Descrição daqui: http://www.matriznet.dgpc.pt/MatrizNet/Objectos/ObjectosConsultar.aspx?IdReg=267843

Bibliografia e Fontes

  • Catalogo illustrado da exposição retrospectiva de arte ornamental portugueza e hespanhola. Lisboa: Imprensa Nacional, 1882.
  • Viterbo, Francisco de Sousa, Exposição d’Arte Ornamental. Notas ao Catalogo. Lisboa: Imprensa Nacional, 1883.

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

DOI

Citar este artigo