Vitorino Manuel da Serra

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Vitorino Manuel da Serra
Outras Grafias EQUAL
Pai António da Serra
Mãe Vicência de Almeida
Nascimento 1692
[[Lisboa]]
Morte 11 de abril de 1748 (56 anos)
[[Lisboa]]
Sexo masculino

Biografia

Dados biográficos

Filho do pintor António da Serra e de Vicência de Almeida, nasceu em Lisboa em 1692 na paróquia de Santa Justa e viveu na Rua dos Vinagres da mesma cidade, trabalhando como pintor de ornamentos. Aprendeu a sua arte com o pai e pintava ao estilo de Vincenzo Bacherelli.

Fazia parte da Irmandade de S. Lucas, assinando como escrivão vários livros da confraria.

Morreu a 11 de abril de 1748 e foi-lhe dedicado um elogio fúnebre que o distingue como um dos principais pintores de azulejo em Portugal. Está enterrado na Igreja de Nossa Senhora do Socorro[1].

Carreira

Outras informações

Obras

Referências bibliográficas

  1. Viterbo, Notícia de Alguns Pintores Portuguezes e de outros que sendo estrangeiros exerceram a sua arte em Portugal, 138.

Bibliografia e Fontes

  • Bonifácio, Honório Manuel Pereira. “Menino Deus, Igreja de” In Dicionário da Arte Barroca em Portugal, direcção de Paulo Pereira. Lisboa: Editorial Presença, 1989. 269.
  • Diniz, Filipe Blanch. "A Igreja do Menino Deus. Algumas especulações à volta do seu modelo geométrico" In Vértice nº 3. 1988. 41-45.
  • Flor, Susana Varela, Flor, Pedro. Pintores de Lisboa: Séculos XVII-XVIII. A Irmandade de S. Lucas. Lisboa: Scribe, 2013.
  • Machado, Cirilo Volkmar. Collecção de memórias, relativas às vidas dos pintores, e escultores, architetos, e gravadores portuguezes, e dos estrangeiros, que estiverão em Portugal recolhidas e ordenadas por Cyrillo Volkmar Machado, pintor ao serviço de S. Magestade o senhor D. João VI. Lisboa: Imprensa de Victorino Rodrigues da Silva, 1823.
  • Silveira, Ângelo Costa, Almada, Carmem Olazabal Almada e Figueira, Luís Tovar. "Igreja do Menino Deus" In Monumentos 10 (1999).
  • Viterbo, Francisco de Sousa. Notícia de Alguns Pintores Portuguezes e de outros que sendo estrangeiros exerceram a sua arte em Portugal. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1903.

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

DOI

Citar este artigo