Adam Leopoldo de Breuning

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Adam Leopoldo de Breuning
Nome completo Adam Leopoldo de Breuning
Outras Grafias valor desconhecido
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento valor desconhecido
Alemanha
Morte valor desconhecido
Sexo Masculino
Religião valor desconhecido
Residência
Residência Amazonas, Brasil
Postos
Posto Ajudante
Data Início: 1759
Cargos
Cargo Engenheiro
Actividade
Actividade Demarcação de fronteira
Data Início: 1754
Fim: 1759
Local de Actividade Rio Negro, Amazônia

Actividade Desenho cartográfico
Data Início: 1754
Fim: 1754
Local de Actividade Rio Negro, Amazônia

Actividade Desenho hidrográfico
Data Início: 1757
Fim: 1757
Local de Actividade Rio Negro, Amazônia


Biografia

Dados biográficos

Adam Leopoldo de Breuning era de origem alemã[1].

Carreira

Na condição de ajudante com exercício de engenheiro, integrou a expedição para os trabalhos de demarcação na América portuguesa organizada em Lisboa em finais da década 1750[1], com o vencimento de 10$000/mês[2].

Segundo Francisco de Sousa Viterbo, Adam Leopoldo de Breuning trabalhou na exploração dos rios Negro e Amazonas com Johann Andreas Schwebel, Filipe Sturm e outros engenheiros [1].

Outras informações

Obras

Francisco de Sousa Viterbo faz referência às seguintes obras[3]:

1754 - Mappa Geographico dos Rios por onde navegou o Ill.mo e Ex.mo Snr. Francisco Xavier de Mendonça Furtado, sahindo da cidade do Pará para o Arraial do Rio Negro no dia dous de Outubro de 1754, com a exacta delineação da maior parte do Rio das Amazonas, e Rio Negro por onde o mesmo Senhor continuou a viagem até a Aldêa de Meriná, notando-se tambem a entrada dos mais Rios, que vem a communicar, ou confundir as suas aguas com os antecendentes, juntamente as Estações, ou logares de repouso com o signal de uma entrelinha. Executada pela direcção e diligencia dos Engenheiros da Expedição, o Sarg.to mor Sebastião José, o Cap.m João André Schwebel, o Ajud.e Phelippe Sturm, e o Ajud. Adam Leopoldo de Breuning, e ratificado pelas observações astronomicas do P.e Ignacio Semartoni (Arquivo Militar do Rio de Janeiro).

1757 - Mappa hydrographico de parte dos rios das Amazonas e Negro. Levantado pelos officiaes Engenheiros Sebastião José, João Schwebel, Felipe Sturm, Adam Leopoldo de Breuning, e ractificado pelas observações Astronomicas do Padre Ignacio Semartoni (Arquivo Militar do Rio de Janeiro)

Notas

  1. 1,0 1,1 1,2 Viterbo, Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol I, 136
  2. Viterbo, Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol I, 107-113.
  3. apud Viterbo III 1922, 27

Fontes

Biblioteca Nacional de Portugal, Manuscritos Reservados (BNP). Cota: PBA. 625//79 - "[Carta de Manoel de Saldanha de Albuquerque dirigida a Francisco Xavier de Mendonça Furtado, Governador do Grão-Pará e Maranhão, sobre o ajudante de Infantaria com exercício de Engenheiro, chamado Adam Leopoldo de Breuning]". Lisboa, 1 de junho de 1753. Disponível em Biblioteca Nacional Digital (BND)

Bibliografia

Adonias, Isa. A Cartografia da Região Amazônica. Rio de Janeiro: Conselho Nacional de Pesquisas; Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, 1963.

Costa, Graciete e Jorge Cintra. "Mappa geral do Bispado do Pará: a New Paradigmof the Amazon Cartography". In Anais do V Simpósio Luso-Brasileiro de Cartografia Histórica. v. 1. 1-14, Petrópolis: s/e, 2013.

Galluzzi, Antônio e Domingos Sambucetti, "Os engenheiros militares italianos na Amazônia do século XVIII".

Oberacker, Carlos. "Dois cartógrafos alemães a serviço do Brasil no século XVIII: Johann Andreas Schwebel e Filipe Sturm" In Revista de História, vol. 44, nº 89. 1972).

Sanjad, Nelson. "As fronteiras do ultramar: engenheiros, matemáticos, naturalistas e artistas na Amazônia, 1750-1820". In Actas do Colóquio Luso-Brasileiro de História de Arte. 431-437. Porto: Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2007.

Viterbo, Francisco de Sousa. Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal. Vol I. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1899.

Viterbo, Francisco de Sousa. Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal. Vol III. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1922.


Ligações Externas

Autor(es) do artigo

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo