Eduardo Lobo de Moura

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Eduardo Lobo de Moura
Outras Grafias EQUAL
Filho(s) Gerald Lobo de Moura
Irmão(s) João António Lobo de Moura
Nascimento outubro de 1817
[[Vila Nova de Foz Côa]]
Morte 2 de janeiro de 1887 (69 anos)
[[Londres]]
Sexo masculino

Biografia

Dados biográficos

Miniaturista português, vivia em Londres onde tinha muito prestígio. Era irmão do visconde de Moura, João António Lobo de Moura, ministro de Portugal em São Petersburgo, e casado com Eugénia Rebelo, filha do vice-cônsul de Portugal Francisco Rebelo. Teve um filho, Gerald Lobo de Moura que fez carreira como pintor e professor de desenho e pintura em Inglaterra.

Carreira

Antes de se dedicar à pintura foi escriturário. Foi protegido do conde de Lavradio que o apresentou à rainha Vitória, para quem fez várias miniaturas, e foi celebrado pelo cardeal Wolsley.

A partir de 1849 e até à sua morte, os seus retratos miniatura foram expostos na Exhibition of the Royal Academy of London, no Salon de Paris e noutras exposições continentais[1][2].

Outras informações

Recebeu a Ordem de Cristo de D. Pedro V e também a ordem de Malta.

Obras

  • No DN de 02 de dezembro de 1902 está um artigo intitulado "Na legação de Portugal em Londres" acompanhado de "uma gravurinha, representando a missa que se celebrou n'aquella embaixada por occasião da passagem da rainha D. Estephania, que vinha consorciar-se com D. Pedro V"; essa gravura seria uma cópia, segundo fotografia, de uma aguarela pintada por Moura oferecida ao conde de Lavradio.
  • Três aguarelas dadas a Anselmo Braamcamp Freire, uma representando a sua esposa em criança, outra uma lebre e outra Ofélia.
  • Retratos da família do Visconde de Soveral e da família da Condessa de Rilvas.
  • Miniaturas da família Real Inglesa o palácio de Windsor[3].

Referências bibliográficas

  1. Viterbo, Notícia de Alguns Pintores Portuguezes e de outros que sendo estrangeiros exerceram a sua arte em Portugal, 101.
  2. Viterbo, Notícia de Alguns Pintores Portuguezes e de outros que sendo estrangeiros exerceram a sua arte em Portugal (2ª série), 57.
  3. Viterbo, Notícia de Alguns Pintores Portuguezes e de outros que sendo estrangeiros exerceram a sua arte em Portugal, 102-103.

Bibliografia e Fontes

  • Viterbo, Francisco de Sousa, Notícia de Alguns Pintores Portuguezes e de outros que sendo estrangeiros exerceram a sua arte em Portugal. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1903 e 1906 (2ª série).

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

DOI

Citar este artigo