Emílio Correia do Amaral

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Emílio Correia do Amaral
Nome completo Emílio Correia do Amaral
Outras Grafias Emílio Corrêa do Amaral
Pai António Correia do Amaral
Mãe Emília Lucinda Soares Duarte Amaral
Cônjuge Arminda Morais de Almeida Amaral
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento 28 junho 1874
valor desconhecido
Morte valor desconhecido
Sexo Masculino
Religião Cristã
Residência
Residência Benguela, Angola
Data Início: 1900

Residência Luanda, Luanda, Angola
Data Fim: julho de 1901

Residência Lisboa, Portugal
Data Início: julho de 1901
Formação
Formação Engenharia civil
Data Início: outubro de 1892
Fim: outubro de 1896
Local de Formação Porto, Porto, Portugal
Cargos
Cargo Engenheiro auxiliar
Data Início: 1898

Cargo Engenheiro de 2ª Classe
Data Início: 01 de janeiro de 1913
Actividade
Actividade Missão
Data Início: 1900
Fim: 22 de julho de 1901
Local de Actividade Benguela, Angola


Biografia

Dados biográficos

Emílio Correia do Amaral nasceu - no lugar de Carvalha - na freguesia de Macieira de Cambra[1], concelho de Vale de Cambra, distrito de Aveiro, a 28 de junho de 1874. Foi batizado a 22 de julho do mesmo ano, sendo seus padrinhos o lente de matemática António Luís Soares e D. Maria Emília Soares Duarte, ambos solteiros e residentes na rua e freguesia de Cedofeita, no Porto. Era filho legítimo de António Correia do Amaral, cirurgião, e de D. Emília Lucinda Soares Duarte Amaral, esta natural da freguesia de São Nicolau, concelho do Porto, e aquele da freguesia de Siva Escura, concelho de Sever do Vouga, distrito de Aveiro. Era neto paterno de José Correia do Amaral e de Maria Custódia de Jesus, de Bouças, e neto materno de Manuel Francisco Duarte, e de D. Emília Soares Duarte, de Cedofeita, no Porto[2].

Em 1929, encontrava-se casado com Arminda Morais de Almeida Amaral[3][4].

Formou-se em Engenharia Civil de Obras Públicas e Minas na Academia Politécnica do Porto, entre 19 de outubro de 1892, data da sua inscrição[5], e outubro de 1896, quando finalizou o curso[1]. No âmbito da 14ª cadeira, apresentou um projecto intitulado "Projecto d' um plano inclinado"[6].

Carreira

A 18 de maio de 1898, Emílio Correia do Amaral apresentou um requerimento para ser colocado como engenheiro ou condutor de 1ª classe na Direção de Obras Públicas de Angola "ou de qualquer outra província ultramarina"[1], sendo aceite na primeira como engenheiro auxiliar. Com fim de prestar serviços na Câmara Municipal de Benguela, cuja necessidade fora reconhecida pelo executivo, requereu em 18 de junho de 1900 licença sem vencimento, a qual lhe foi concedida[7].

Em 22 de julho de 1901, embarcou no vapor "Portugal" em Luanda com rumo a Lisboa, uma vez concluídos os serviços prestados ao Município de Benguela[8]. Recebeu nova licença de 3 meses em dezembro de 1901[9], sendo-lhe concedidos outros 3 meses em junho do ano seguinte, ainda no cargo de engenheiro auxiliar na Direcção das Obras Públicas de Angola[10].

Em maio de 1903, foi considerado habilitado a prestar provas para admissão ao lugar de "recebedor de concelhos de 4ª classe", sendo que para tal se deveria apresentar no dia 18 do mesmo mês no Ministério da Fazenda[11].

Entre dezembro de 1901 (data de emissão de um decreto ministerial que solicitou que se apresentasse ao serviço e pusesse termo à licença) e 5 de maio de 1904, a Direção-Geral do Ultramar registou sucessivas faltas de comparência do engenheiro[12]. Consequentemente, foi exonerado por abandono do lugar, por portaria de 6 de Julho de 1904[7].

Em janeiro de 1909, foi divulgada, no Diário do Governo, a sua situação de engenheiro ajudante adido[13]. Com data relativa a 1 de janeiro de 1910, o seu nome continuava a figurar na mesma qualidade de engenheiro[14]. Em dezembro de 1912, o engenheiro encontrava-se de novo em gozo de licença[15].

A 1 de janeiro de 1913, ainda trabalhava para o Estado Português, como engenheiro subalterno de 2ª classe, constante da Relação do pessoal técnico do corpo de engenharia civil e seus auxiliares[16].

Outras informações

Em Aveiro, foram emitidos vários passaportes, a saber: a 28 de setembro de 1907, com destino a Manaus, Brasil. Era solteiro, tinha 1,74 m de altura, rosto comprido, cabelos grisalhos, olhos castanhos e cor natural. Levava consigo o "seu creado Pedro, menor [de idade], de cor preta, medindo 1,68m"[17]; a 8 de novembro de 1920, com destino ao Brasil. Era casado[18]; a 9 de outubro de 1929, "com destino a França e outros países da Europa". Viajava com a sua mulher Arminda Morais de Almeida Amaral. Este passaporte é munido das fotografias de ambos[3]; a 29 de novembro 1929, com destino ao Rio de Janeiro-Brasil. Com fotografia[4].

Notas

  1. 1,0 1,1 1,2 Arquivo Histórico Ultramarino. 771/1. 1D. MU. Cx. 1879-1929. Processos Individuais. ANG. "Emilio Correia do Amaral - Ofício de 18 de maio de 1898".
  2. Arquivo Distrital de Aveiro, Paróquia de Macieira de Cambra (06-08-1665/31-03-1911), Registos de baptismo (20-08-1665/31-03-1911), Batismos 13-01-1873/19-12-1878, fl. 50, nº 34.
  3. 3,0 3,1 Arquivo Distrital de Aveiro. Governo Civil de Aveiro (1834/1989). Inspeção. Licenciamento. Fiscalização e Segurança (22-06-1865/1989). Mobilidade demográfica (26-08-1882/1989). Registo de emissão de passaportes (26-08-1882/31-03-1966). Registo de passaportes (27-07-1929/24-12-1929), liv. 49, fl. 127, nº 744. Registo de passaporte de Emílio Correia do Amaral. 9 de Outubro de 1929.
  4. 4,0 4,1 Arquivo Distrital de Aveiro. Governo Civil de Aveiro (1834/1989). Inspeção. Licenciamento. Fiscalização e Segurança (22-06-1865/1989). Mobilidade demográfica (26-08-1882/1989). Registo de emissão de passaportes (26-08-1882/31-03-1966). Registo de passaportes (27-07-1929/24-12-1929), liv. 49, fl. 149, nº 1672. Registo de passaporte de Emílio Correia do Amaral. 29 de Novembro de 1929.
  5. Arquivo Digital da Universidade do Porto. Livro de Matrículas e Actos Finais dos alunos da Faculdade de Ciências: Preparatórios (1892-1894), fls. 209, 563.
  6. Arquivo Digital da Universidade do Porto. Trabalhos de alunos dos cursos de engenharia da Academia Politécnica do Porto [1886-1899]. "Caderno manuscrito contendo um projeto de plano inclinado, apresentado pelo aluno da Academia Politécnica do Porto, Emílio Correia do Amaral, no âmbito da 14ª cadeira".
  7. 7,0 7,1 Arquivo Histórico Ultramarino. 771/1. 1D. MU. Cx. 1879-1929. Processos Individuais. ANG. "Emilio Correia do Amaral".
  8. Arquivo Histórico Ultramarino. 771/1. 1D. MU. Cx. 1879-1929. Processos Individuais. ANG. "Emilio Correia do Amaral - Guia 90 e 347".
  9. Portaria de 28 de janeiro de 1902, Diário do Governo, no. 3, 4 de janeiro de 1902, 33.
  10. Portaria de 12 de junho de 1902, Diário do Governo, no. 132, 17 de junho de 1902, 1683-1684.
  11. Aviso de 11 de maio de 1904, Diário do Governo, no. 105, 13 de maio de 1904, 1710.
  12. Arquivo Histórico Ultramarino. 771/1. 1D. MU. Cx. 1879-1929. Processos Individuais. ANG. "Emilio Correia do Amaral - Ofício de 5 de maio de 1904".
  13. Despacho de 25 de janeiro de 1909, Diário do Governo, no. 19, 26 de janeiro de 1909, 320.
  14. "Relação do pessoal do corpo de engenharia civil e seus auxiliares referida a 1 de janeiro de 1910", Diário do Governo, no. 20, 27 de janeiro de 1910, 302.
  15. Aviso de 24 de dezembro de 1912, Diário do Governo, no. 303, 27 de dezembro de 1912, 4593.
  16. "Relação do pessoal técnico do corpo de engenharia civil e seus auxiliares, referida a 1 de janeiro de 1913", Diário do Governo nº 37, de 15 de fevereiro de 1913, 586.
  17. Arquivo Distrital de Aveiro. Governo Civil de Aveiro (1834/1989). Inspeção. Licenciamento. Fiscalização e Segurança (22-06-1865/1989). Mobilidade demográfica (26-08-1882/1989). Registo de emissão de passaportes (26-08-1882/31-03-1966). Registo de passaportes (07-05-1907/21-01-1908), liv. 19, fl. 199v., nº 1192. Registo de passaporte de Emílio Correia do Amaral. 28 de Setembro de 1907.
  18. Arquivo Distrital de Aveiro. Governo Civil de Aveiro (1834/1989). Inspeção. Licenciamento. Fiscalização e Segurança (22-06-1865/1989). Mobilidade demográfica (26-08-1882/1989). Registo de emissão de passaportes (26-08-1882/31-03-1966). Registo de passaportes (03-08-1920/07-12-1920), liv. 37, fl. 337v., nº 2034. Registo de passaporte de Emílio Correia do Amaral. 8 de Novembro de 1920.

Fontes

Arquivo Digital da Universidade do Porto. Livro de Matrículas e Actos Finais dos alunos da Faculdade de Ciências: Preparatórios (1892-1894), fls. 209, 563.

Arquivo Digital da Universidade do Porto. Trabalhos de alunos dos cursos de engenharia da Academia Politécnica do Porto [1886-1899]. "Caderno manuscrito contendo um projeto de plano inclinado, apresentado pelo aluno da Academia Politécnica do Porto, Emílio Correia do Amaral, no âmbito da 14ª cadeira".

Arquivo Distrital de Aveiro. Governo Civil de Aveiro (1834/1989). Inspeção. Licenciamento. Fiscalização e Segurança (22-06-1865/1989). Mobilidade demográfica (26-08-1882/1989). Registo de emissão de passaportes (26-08-1882/31-03-1966). Registo de passaportes (07-05-1907/21-01-1908), liv. 19, fl. 199v., nº 1192. Registo de passaporte de Emílio Correia do Amaral. 28 de Setembro de 1907.

Arquivo Distrital de Aveiro. Governo Civil de Aveiro (1834/1989). Inspeção. Licenciamento. Fiscalização e Segurança (22-06-1865/1989). Mobilidade demográfica (26-08-1882/1989). Registo de emissão de passaportes (26-08-1882/31-03-1966). Registo de passaportes (03-08-1920/07-12-1920), liv. 37, fl. 337v., nº 2034. Registo de passaporte de Emílio Correia do Amaral. 8 de Novembro de 1920.

Arquivo Distrital de Aveiro. Governo Civil de Aveiro (1834/1989). Inspeção. Licenciamento. Fiscalização e Segurança (22-06-1865/1989). Mobilidade demográfica (26-08-1882/1989). Registo de emissão de passaportes (26-08-1882/31-03-1966). Registo de passaportes (27-07-1929/24-12-1929), liv. 49, fl. 127, nº 744. Registo de passaporte de Emílio Correia do Amaral. 9 de Outubro de 1929.

Arquivo Distrital de Aveiro. Governo Civil de Aveiro (1834/1989). Inspeção. Licenciamento. Fiscalização e Segurança (22-06-1865/1989). Mobilidade demográfica (26-08-1882/1989). Registo de emissão de passaportes (26-08-1882/31-03-1966). Registo de passaportes (27-07-1929/24-12-1929), liv. 49, fl. 149, nº 1672. Registo de passaporte de Emílio Correia do Amaral. 29 de Novembro de 1929.

Arquivo Distrital de Aveiro, Paróquia de Macieira de Cambra (06-08-1665/31-03-1911), Registos de baptismo (20-08-1665/31-03-1911), Batismos 13-01-1873/19-12-1878, fl. 50, nº 34.

Arquivo Histórico Ultramarino. 771/1. 1D. MU. Cx. 1879-1929. Processos Individuais. ANG. "Emilio Correia do Amaral".

Arquivo Histórico Ultramarino. 771/1. 1D. MU. Cx. 1879-1929. Processos Individuais. ANG. "Emilio Correia do Amaral - Guia 90 e 347".

Arquivo Histórico Ultramarino. 771/1. 1D. MU. Cx. 1879-1929. Processos Individuais. ANG. "Emilio Correia do Amaral - Ofício de 18 de maio de 1898".

Arquivo Histórico Ultramarino. 771/1. 1D. MU. Cx. 1879-1929. Processos Individuais. ANG. "Emilio Correia do Amaral - Ofício de 5 de maio de 1904".

Aviso de 11 de maio de 1904, Diário do Governo, no. 105, 13 de maio de 1904, 1710.

Aviso de 24 de dezembro de 1912, Diário do Governo, no. 303, 27 de dezembro de 1912, 4593.

Despacho de 25 de janeiro de 1909, Diário do Governo, no. 19, 26 de janeiro de 1909, 320.

Portaria de 12 de junho de 1902, Diário do Governo, no. 132, 17 de junho de 1902, 1683-1684.

Portaria de 28 de janeiro de 1902, Diário do Governo, no. 3, 4 de janeiro de 1902, 33.

"Relação do pessoal do corpo de engenharia civil e seus auxiliares referida a 1 de janeiro de 1910", Diário do Governo, no. 20, 27 de janeiro de 1910, 302.

"Relação do pessoal técnico do corpo de engenharia civil e seus auxiliares, referida a 1 de janeiro de 1913", Diário do Governo nº 37, de 15 de fevereiro de 1913, 586.

Autor(es) do artigo

Gonçalo Margato

Departamento de Estudos Políticos, FCSH, Universidade Nova de Lisboa

https://orcid.org/0000-0002-6248-3947

Sandra Osório da Silva

Departamento de História, FCSH, Universidade Nova de Lisboa

https://orcid.org/0000-0001-7529-5008

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

https://doi.org/10.34619/maew-hu3a

Citar este artigo

Margato, Gonçalo e Sandra Osório da Silva. "Emílio Correia do Amaral", in eViterbo. Lisboa: CHAM - Centro de Humanidades, FCSH, Universidade Nova de Lisboa, 2022. (última modificação: 02/07/2024). Consultado a 23 de julho de 2024, em https://eviterbo.fcsh.unl.pt/wiki/Em%C3%ADlio_Correia_do_Amaral. DOI: https://doi.org/10.34619/maew-hu3a