Jaime Tesauro de Mendonça

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Jaime Tesauro de Mendonça
Nome completo Jaime Tesauro de Mendonça
Outras Grafias valor desconhecido
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento valor desconhecido
Morte valor desconhecido
Sexo Masculino
Religião valor desconhecido


Biografia

Dados biográficos

Jaime Tesauro (ou Thesauro) de Mendonça de Lisboa, nasceu a 18 de junho de 1854 é filho de João Eulálio de Mendonça e de D. Maria de Augusto Aragão Rocha de Mendonça. Casou-se com Adelaide Ermelinda Bensit Coelho de Mendonça em setembro de 1877. Tiveram 2 filhos, Adriano que nasceu a 17 de janeiro de 1883 e Eduardo que nasceu a 12 de setembro de 1885. Faleceu em 13 de junho de 1898.

Carreira

Assentou praça como voluntário no batalhão n.º 2 de Caçadores da Rainha em novembro de 1871. Em de março de 1875 começou por servir em Angola. Em 8 de setembro de 1877, foi promovido a alferes e nomeado por decreto do mesmo mês e ano a condutor de 2ª classe das obras públicas de Cabo Verde. Chegou a Cabo Verde a 14 de novembro de 1877, e serviu como condutor de 2ª classe desde 14 de novembro de 1877 até 19 de março de 1879.

A 15 de outubro do mesmo ano começou uma nova comissão nesta província. Permaneceu em Cabo Verde até fevereiro de 1886, data em que foi exonerado das funções de condutor de 2ª classe. Foi reintegrado no lugar de condutor de 2ª classe das obras públicas de Cabo Verde onde permaneceu até julho de 1889, regressando de seguida ao reino. Em abril de 1895 foi destacado para Moçambique. Regressou ao reino em janeiro de 1896[1].

Em Cabo Verde foi destacado para o interior de Santiago para a localidade de Ribeira da Barca onde participou na construção da estrada da Ribeira da Barca sob a direção do condutor de 1ª António Xavier Crato. Em 1883 foi destacado para Santo Antão como Encarregado dos trabalhos na ilha onde permaneceu atá dezembro do mesmo ano. Concluiu a sua comissão em Cabo Verde a 13 de outubro de 1882.

Foi agraciado com a Medalha de cobre de comportamento exemplar.

Outras informações

Obras

Participou na construção da estrada da Ribeira da Barca sob a direção do condutor de 1ª classe António Xavier Crato.

Notas

  1. Arquivo Histórico Militar, Livro n.º 1- Registo dos Oficiais e indivíduos com graduação de oficial. Ficheiro n.º 089_0083.

Fontes

Arquivo Histórico Militar, Livro n.º 1- Registo dos Oficiais e indivíduos com graduação de oficial. Ficheiro n.º 089_0083.

Bibliografia

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

Fernando Pires

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo