Joaquim Rodrigues Braga

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Joaquim Rodrigues Braga
Outras Grafias EQUAL
Nascimento 1793
[[Porto]]
Morte 1853 (60 anos)
Sexo masculino

Biografia

Dados biográficos

Pintor portuense, também conhecido como Braga Pintor, deixou a família para ir estudar pintura em Roma à sua custa. Aí foi premiado em dois concursos, mas foi-lhe negada uma pensão do governo português que requereu ao Rio de Janeiro em 1820.

Carreira

Em 1824 estava em Lisboa, onde executou várias obras para a família real[1].

Outras informações

Obras

  • c. 1820 - Pintura da degolação de S. João Baptista.
  • c. 1820 - Cópia de um S. Sebastião de Guido Reni.
  • 1824 - Alegoria dos quatro continentes: Europa, Ásia, África e América, Palácio Nacional de Queluz.
  • 1824 - Duas pinturas representando "Duas Câmaras, vistas ao natural, com vários objectos e diversos retratos".
  • 1824 - Execução de um retrato em miniatura para o rei, numa molduara de ouro, feito sobre mogno coberta e com uma caixa da mesma madeira para o guardar.
  • 1824 - Pintura de S. João Baptista em menino para a capela real.
  • 1824 - Um retrato de D. João VI em meio-corpo.
  • c. 1840 - Pintura representando o Cerco de Lisboa por D. Afonso Henriques, Museu Nacional Soares dos Reis, Porto.

Referências bibliográficas

  1. Viterbo, Notícia de Alguns Pintores Portuguezes e de outros que sendo estrangeiros exerceram a sua arte em Portugal (3ª série), 149-151.

Bibliografia e Fontes

  • Mourato, António. "Breves apontamentos para a biografia do pintor João Eduardo Malheiro." População e Sociedade 20 (2012): 11-23.
  • Pamplona, Fernando. Dicionário de Pintores e escultores Portugueses ou que trabalharam em Portugal. Porto: Livraria Civilização, 2000.
  • Retratos de artistas no Museu Nacional de Soares dos Reis. Porto: Museu Nacional de Soares dos Reis, 1946.
  • Viterbo, Francisco de Sousa. Notícia de Alguns Pintores Portuguezes e de outros que sendo estrangeiros exerceram a sua arte em Portugal. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1911 (3ª série).

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

DOI

Citar este artigo