José Lopes de Sá

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


José Lopes de Sá
Nome completo José Lopes de Sá
Outras Grafias Joseph Lopes de Sá
Pai André Lopes de Sá
Mãe valor desconhecido
Cônjuge Maria da Cunha Barros
Filho(s) Agostinho Lopes de Sá
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento valor desconhecido
Morte valor desconhecido
Sexo masculino
Religião cristã
Residência
Residência Goa, Índia
Data Início: 1715
Postos
Posto Capitão Engenheiro
Data Início: 21 de março de 1715
Arma Engenharia

Data Início: dezembro de 1727
Arma Infantaria

Posto Mestre de campo
Data Início: dezembro de 1727
Arma Infantaria
Cargos
Cargo Engenheiro-mor
Data Início: 1730

Cargo Director
Data Início: 1735
Fim: 1737
Actividade
Actividade Desenho de fortificação
Data Início: 1727
Local de Actividade Índia

Actividade Desenho de fortificação
Data Início: 1733
Local de Actividade Índia

Actividade Desenho de fortificação
Data Início: junho de 1737


Biografia

Dados biográficos

José Lopes de Sá era filho de André Lopes de Sá. Até ao momento desconhece-se a data e o local do seu nascimento, sendo poucos os dados biográficos disponíveis. Sabe-se que foi casado com Maria da Cunha Barros, tendo residido em Panelim, Goa. Aí, entre 1724 e 1725, nasceu o filho Agostinho Lopes de Sá, que veio a ingressar na Ordem dos Eremitas de Santo Agostinho, onde adoptou o nome de fr. Agostinho de Jesus[1].

Carreira

José Lopes de Sá foi nomeado "Capitão Engenheiro do Estado da Índia" por carta de 21 de Março de 1715, devendo receber o soldo respetivo a partir do momento em que desembarcasse em Goa[2]. Sabe-se que embarcou na armada enviada para reconquistar a fortificação de Jesus em Mombaça, no Quénia, em Dezembro de 1727. Nessa expedição, ocupava o posto de "Tenente Coronel de Mestre de Campo General da Infantaria, com exercício de Engenheiro"[3]. Entre 1727 e 1728, elaborou quatro levantamentos e projectos de intervenção para a fortificação de Jesus, juntamente com o engenheiro Álvaro de Cienfuegos e o capitão António de Brito Freire[4]. Uma vez restaurado domínio português em Mombaça, Lopes de Sá regressou a Goa. Em Janeiro de 1729, novamente, tomou parte na expedição enviada de Goa para socorrer a mesma fortificação de Jesus, que entretanto tinha sido cercada. Nesta expedição, José Lopes de Sá levava por regimento desenhar uma fortificação para Patte, próximo de Mombaça[5]. Frustrada a iniciativa e derrotados os portugueses em Mombaça, Lopes de Sá regressou à Índia.

Em inícios da década de 1730, Lopes de Sá tinha o cargo de "engenheiro-mor" do Estado da Índia, ficando encarregue por ordem régia de estabelecer em Goa a "Aula da Academia Militar"[6]. A Aula funcionou, provavelmente, no Palácio da Pólvora, em Panelim, Goa.

Em Janeiro de 1733, Lopes de Sá foi enviado a Mangalor[7], onde desenhou pelo menos um levantamento da fortificação e dirigiu as obras da construção de um "fosso" e "estrada coberta"[8]. Em Outubro de 1735, o vice-rei D. Pedro de Mascarenhas enviou o "Tenente de Mestre de Campo General Joseph Lopes de Sá Engenheiro do Estado" à Província do Norte para "idear" as obras de fortificação em curso e projectadas para a defesa do território[9], não sendo certa a data da sua chegada. Até 1837, dirigiu as obras da nova fortificação da vila de Taná, na Província do Norte, tendo introduzido alterações ao projecto original de André Ribeiro Coutinho[10]. Enquanto decorriam as obras da fortificação, esta foi atacada pelo exército marata, tendo fugido para Baçaim[11].

A sua permanência na Província do Norte durante a guerra de 1737-1739, levou a que participasse nas acções de defesa e contra-minagem durante o cero a Baçaim, e nas operações de socorro à fortificação cercada de Mahim-quelme. No mesmo período, desenhou a nova cisterna edificada na fortificação de Versová em Junho de 1737[12].

Notas

  1. Rego (ed.), Documentação para a História das Missões do Pardoado Português no Oriente, 9:705.
  2. Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Registo Geral das Mercês. Reinado de D. João V, liv. nº 7, fl. 170v, PT/TT/RGM/C/0007/46989. Carta Mercê de 21 de Março de 1715.
  3. Biblioteca Nacional de Portugal. Fundo Geral. Códice 485, fls. 1-6. "Jornal da viagem que hora vai fazer...". 21 de Dezembro de 1727.
  4. Boxer, A Fortaleza de Jesus e os portugueses em Mombaça, 92-97; Garcia e Ribeiro, "Portuguese Topographical Survey in Portuguese Africa", 1477-1478.
  5. Biblioteca Nacional de Portugal. Fundo Geral. Códice 485, fl. 14. "Jornal da viagem que neste prezente anno...". 4 de Janeiro de 1729.
  6. Historical Archives of Goa. Livro das Monções nº 102-B, ms. 122, fls. 770-770v.. Carta do vice-rei Pedro de Mascarenhas para o Secretário de Estado. 28 de Janeiro de 1734.
  7. Historical Archives of Goa. Livro dos Reis Vizinhos nº 7, ms. 975, fl. 107v.. Carta do vice-rei Pedro de Mascarenhas. 24 de Janeiro de 1733.
  8. Historical Archives of Goa. Livro dos Reis Vizinhos nº 7, ms. 975, fl. 110. Carta do vice-rei Pedro de Mascarenhas. 27 de Fevereiro de 1733.
  9. Historical Archives of Goa. Livro da Correspondência de Baçaim nº 5, ms. 1254, fl. 44. Carta do vice-rei Pedro de Mascarenhas. 27 de Outubro de 1735.
  10. Rellação da guerra que o infil. Maratá fez no Estado da India..., cod. 1605, A. G. Biblioteca Nacional de Portugal, citado em Pissurlencar, "Portugueses e Maratas (IV)", 35.
  11. Rellação da guerra que o infil. Maratá fez no Estado da India..., cod. 1605, A. G. Biblioteca Nacional de Portugal, citado em Pissurlencar, "Portugueses e Maratas (IV)", 40.
  12. Rellação da guerra que o infil. Maratá fez no Estado da India..., cod. 1605, A. G. Biblioteca Nacional de Portugal, citado em Pissurlencar, "Portugueses e Maratas (IV)", 53.

Fontes

Arquivo Nacional da Torre do Tombo. Registo Geral das Mercês. Reinado de D. João V, liv. nº 7, fl. 170v., PT/TT/RGM/C/0007/46989. Carta Mercê de 21 de Março de 1715.

Biblioteca Nacional de Portugal. Fundo Geral. Códice 485, fls. 1-6. "Jornal da viagem que hora vai fazer...", 21 de Dezembro de 1727.

Biblioteca Nacional de Portugal. Fundo Geral. Códice 485, fl. 14. "Jornal da viagem que neste prezente anno...", 4 de Janeiro de 1729.

Historical Archives of Goa. Livro da Correspondência de Baçaim nº 5, ms. 1254, fl. 44. Carta do vice-rei Pedro de Mascarenhas, 27 de Outubro de 1735.

Historical Archives of Goa. Livro das Monções nº 102-B, ms. 122, fls. 770-770v.. Carta do vice-rei Pedro de Mascarenhas para o Secretário de Estado, 28 de Janeiro de 1734.

Historical Archives of Goa. Livro dos Reis Vizinhos nº 7, ms. 975, fl. 107v.. Carta do vice-rei Pedro de Mascarenhas, 24 de Janeiro de 1733.

Historical Archives of Goa. Livro dos Reis Vizinhos nº 7, ms. 975, fl. 110. Carta do vice-rei Pedro de Mascarenhas, 27 de Fevereiro de 1733.

Bibliografia

Boxer, C. R., e C. de Azevedo. A Fortaleza de Jesus e os portugueses em Mombaça. Lisboa: [s.ed.], 1960.

Garcia, João Carlos, e Jorge Macieirinha Ribeiro. "Portuguese Topographical Survey in Portuguese Africa." Em The History of Cartography, Cartography in the European Enlightenment, editado por Matthew H. Edney, Mary Sponber Pedley, 4:1477-1478. Chicago: University of Chicago Press, 2020.

Pissurlencar, Panduranga. "Portugueses e Maratas (IV): Como se perdeu Baçaim". Boletim do Instituto Vasco da Gama, no. 9 (1931): 35; 40; 53.

Rego, António Silva (ed.). Documentação para a História das Missões do Pardoado Português no Oriente. Vol. 9 (Índia). Lisboa: Agência Geral do Ultramar, 1955.

Ligações Externas

Mendiratta, Sidh Losa. "Thane [Taná/Tane], Área Metropolitana de Mumbai (Bombaím), Índia". HPIP - Património de Origem Portuguesa no Mundo.

Autor(es) do artigo

Sidh Losa Mendiratta

CES - Centro de Estudos Sociais, Universidade de Coimbra

https://orcid.org/0000-0003-2960-8100

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

https://doi.org/10.34619/mvol-qell

Citar este artigo

Mendiratta, Sidh Losa. "José Lopes de Sá", in eViterbo. Lisboa: CHAM - Centro de Humanidades, FCSH, Universidade Nova de Lisboa, 2022. (última modificação: 11/07/2024). Consultado a 22 de julho de 2024, em https://eviterbo.fcsh.unl.pt/wiki/Jos%C3%A9_Lopes_de_S%C3%A1. DOI: https://doi.org/10.34619/mvol-qell