Manuel Bordalo Pinheiro

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Manuel Bordalo Pinheiro
Nome completo Manuel Maria Bordalo Pinheiro
Outras Grafias EQUAL
Pai Manuel Félix de Oliveira Pinheiro
Mãe D. Jacinta Adelaide Herculana de Almeida Bordalo
Filho(s) Rafael Bordalo Pinheiro, Columbano Bordalo Pinheiro, Maria Augusta Bordalo Pinheiro, Maria José Bordalo Pinheiro, Feliciano Henrique Bordalo Pinheiro, Manuel Maria Bordalo Pinheiro Júnior, Filomena Augusta Bordalo Pinheiro, Maria Amélia Bordalo Pinheiro, Tomás Maria Bordalo Pinheiro
Nascimento 28 de novembro de 1815
[[Lisboa]]
Morte 31 de janeiro de 1880 (64 anos)
[[Lisboa]]
Sexo masculino

Biografia

Dados biográficos

Pintor, nasceu em Lisboa na freguesia de Santa Justa. É pai de Rafael Bordalo Pinheiro, Columbano Bordalo Pinheiro e Maria Augusta Bordalo Pinheiro.

Era primeiro oficial de secretariara da Câmara dos Pares e sócio da Academia de Belas Artes.

Viterbo menciona-o e ao seu filho Rafael como frequentando as palestras nocturnas da loja de modas do Chiado, chama-lhe "um flamengo ou holandês da linhagem dos Teniers", provavelmente mencionando a sua arte que faz lembrar as pinturas de género holandesas[1].

Carreira

Outras informações

Obras

Referências bibliográficas

  1. Viterbo, Notícia de Alguns Pintores Portuguezes e de outros que sendo estrangeiros exerceram a sua arte em Portugal, 147.

Bibliografia e Fontes

  • Amado, Carlos (coord.). Pintura no tempo de Braamcamp Freire. Santarém: Câmara Municipal, 1994.
  • Ilustradores do século XIX: gravura. Lisboa: SNBA, 1966.
  • Lopes, Adriano de Sousa, Valente, Vasco, Burnay, Luís Ortigão (ed. lit.). Exposição de desenhos de artistas da 2ª metade do século XIX. Lisboa: Academia Nacional de Belas Artes, 1940.
  • Macedo, Diogo. João Cristino da Silva e Manuel Maria Bordalo Pinheiro. Lisboa: Excelsior, 1952.
  • Viterbo, Francisco de Sousa. Notícia de Alguns Pintores Portuguezes e de outros que sendo estrangeiros exerceram a sua arte em Portugal. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1903.

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

DOI

Citar este artigo