Pero de Trilho

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Pero de Trilho
Outras Grafias EQUAL
Sexo masculino

Biografia

Dados biográficos

Carreira

Pedreiro de origem castelhana que trabalho em Portugal.

Em 1517 trabalhava nas obras de Belém[1].

Foi enviado a Setúbal com André Pires e Pero Afonso por causa da queda da nave da Igreja de São Julião, em março de 1520[2]

Mencionado numa carta de Bartolomeu de Paiva para Frei Gualter a propósito das obras de São Francisco de Évora[3].

Outras informações

Obras

Referências bibliográficas

  1. Viterbo, Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol III, 143.
  2. Viterbo, Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol I, 318.
  3. Viterbo, Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol II, 290.

Bibliografia e Fontes

  • Alves, J. F. O Mosteiro dos Jerónimos II – Das Origens à atualidade. Lisboa: Livros Horizonte, 1991.
  • Dias, Pedro. O Manuelino. História da Arte em Portugal. Vol. 5. Lisboa: Publicações Alfa, 1986.
  • Viterbo, Francisco de Sousa. Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol I. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1899.
  • Viterbo, Francisco de Sousa. Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol II. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1904.
  • Viterbo, Francisco de Sousa. Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol III. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1922.

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

DOI

Citar este artigo