Alberto Frederico Torres

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Alberto Frederico Torres
Nome completo Alberto Frederico Gomes de Oliveira Torres
Outras Grafias Alberto Frederico James de Oliveira Torres
Pai Frederico Augusto Torres
Mãe Maria Isabel James de Oliveira Torres
Cônjuge Maria do Livramento Vieira Barbosa Torres
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) Bella James de Oliveira Torres, Virgínia James de Oliveira Torre, Pepa James de Oliveira Torres
Nascimento 12 junho 1872
Lisboa, Lisboa, Portugal
Morte valor desconhecido
Sexo Masculino
Religião Cristã
Residência
Residência Lisboa, Lisboa, Portugal
Data Início: 1872
Fim: 1894

Residência Cabo Verde
Data Início: 13 de fevereiro de 1895
Fim: 1902
Formação
Data Fim: 1894
Local de Formação Lisboa, Lisboa, Portugal
Postos
Data Início: 20 de julho de 1892
Fim: 22 de dezembro de 1894
Arma Cavalaria

Posto Alferes
Data Início: 22 de dezembro de 1894
Arma Cavalaria
Cargos
Cargo valor desconhecido
Data Início: 03 de janeiro de 1895
Fim: 25 de novembro de 1897

Cargo Chefe de secção
Data Início: abril de 1897
Fim: 12 de junho de 1898

Cargo Condutor de 2ª classe
Data Início: 1898
Fim: 25 de janeiro de 1901


Biografia

Dados biográficos

Alberto Frederico Torres nasceu na freguesia de Santos, em Lisboa, a 12 de junho de 1872. Foi filho de Frederico Augusto Torres, que foi engenheiro, e de Maria Isabel James de Oliveira Torres. Casou com Maria do Livramento Vieira Barbosa Torres em 30 de junho de 1901[1]. Desconhece-se a data e o local da sua morte.

Carreira

Em Lisboa, concluiu o curso do Real Colégio Militar. Assentou praça como voluntário no Regimento de Cavalaria n.º 2 em 20 de julho de 1892, onde serviu até 22 de dezembro de 1894. Nesse ano foi graduado com o posto de alferes e foi destacado para servir em Cabo Verde por decreto de 22 de dezembro de 1894.

Por decreto de 3 de janeiro de 1895, foi designado como ajudante de ordens do governador geral de Cabo Verde, que era nesta altura o seu pai, Frederico Augusto Torres. Desembarca em 13 de fevereiro assumindo as funções em que havia sido empossado. Ainda nesse ano, mais precisamente a 11 de março foi nomeado oficial adjunto da secção da agrimensura dos serviços das Obras Públicas de Cabo Verde. Alcança a posição de chefe da secção dois anos depois, em abril de 1897.

Em 25 de novembro desse ano, foi exonerado do cargo de ajudante de ordens do governador e, em 12 de julho de 1898, das funções de chefe da secção da agrimensura das obras públicas. Passou a exercer interinamente as funções de condutor de 2ª classe naquela secção. Terminou a sua comissão em 25 de janeiro de 1901 e na mesma altura pediu a recondução ao lugar que ocupava.

Em fevereiro de 1902, requereu o cargo de condutor de 2ª classe nas obras públicas de Cabo Verde, e o pedido foi-lhe recusado por não pertencer ao quadro do reino e por não ter concluído o curso de condutor de 2ª classe.

Em junho do mesmo ano, após ter cumprido seis anos de serviço nas obras públicas de Cabo Verde como condutor de 2ª classe, requereu a uma licença de 6 meses que lhe foi concedida, ficando por se apresentar ao ministério da guerra em 18 de agosto de 1903.

Notas

  1. Arquivo Histórico Ultramarino, Cabo Verde, Obras Públicas e Agrimensura, Processos Individuais, cx. 753_1, PT/AHU/ID-OP/OP753_2.

Fontes

Arquivo Histórico Nacional de Cabo Verde, Secretaria Geral do Governo, cx. 632, pasta 07, doc. 01.

Arquivo Histórico Ultramarino, Cabo Verde, Obras Públicas e Agrimensura, Processos Individuais, cx. 753_1, PT/AHU/ID-OP/OP753_2.

Bibliografia

Pires, Fernando. Há vila além da costa. Urbanidade(s) em cabo Verde no século XIX. Coimbra, Lisboa: Imprensa da Universidade de Coimbra, Rosa de Porcelana Editora, 2021.

Autor(es) do artigo

Fernando Pires

DINÂMIA’CET-Iscte, Centro de Estudos sobre a Mudança Socioeconómica e o Território

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

https://doi.org/10.34619/w4ol-loge

Citar este artigo

Pires, Fernando. "Alberto Frederico Torres", in eViterbo. Lisboa: CHAM - Centro de Humanidades, FCSH, Universidade Nova de Lisboa, 2022. (última modificação: 17/11/2023). Consultado a 21 de junho de 2024, em https://eviterbo.fcsh.unl.pt/wiki/Alberto_Frederico_Torres. DOI: https://doi.org/10.34619/w4ol-loge