António de Santa Ana Carneiro

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


António de Santa Ana Carneiro
Nome completo António José de Santa Ana Carneiro
Outras Grafias valor desconhecido
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento valor desconhecido
Morte valor desconhecido
Sexo Masculino
Religião valor desconhecido


Biografia

Dados biográficos

António José de Santana Carneiro, é natural da Baía.

Carreira

Assentou praça como soldado em 21 de Agosto de 1753. Foi praticante do número da aula de engenharia em Lisboa. Em 1776 por decreto de 8 de novembro, foi nomeado capitão de infantaria com exercício de engenheiro para servir em Cabo Verde por 6 anos. Fez parte da segunda expedição que partiu de Lisboa para trabalhar nas obras de fortificação de Bissau e foi substituir a vaga deixada pelo capitão António Carlos Andreis que foi degredado para Cabo Verde. Contudo tal como sucedera com o capitão Andreis, Santana Carneiro incompatibilizou-se com o seu superior o tenente coronel Manuel Germano da Mata, por razões idênticas às de Andreis, que tinha a ver com a eficiência dos projetos de construção da fortaleza de Bissau. Após o diretor das obras da fortaleza, Manuel da Mata, ter deixado o cargo, assumido interinamente pelo então governador, Sotto Maior, a ação de Santana Carneiro começou a ter maior efeito[1].


António de Santa Ana Carneiro realizou a planta da Fortaleza de São José da Ilha de Bissau juntamente com o engenheiro militar e cartógrafo

Outras informações

REQUERIMENTO do Cabo de Esquadra, António José de Santa Ana Carneiro ao rei [D. José], solicitando que se lhe passe provisão, para que receba o seu soldo e se proceda para com o suplicante, do mesmo modo que se procede para com os restantes praticantes do número da Aula Militar da Engenharia da praça da Bahia. - Arquivo Histórico Ultramarino

Obras

Cat. Cart. AHU Guiné: "tenente coronel engenheiro Manuel Germano da Matta e capitão de infantaria António Jozé de Sancta Anna Carneiro / 1773"

Planta da Fortaleza de São José da Ilha de Bissau,1773.

Notas

  1. Andrade, Bernardino. 1990. Planta da Praça de Bissau e Suas Adjacentes. Academia Portuguesa da História. Lisboa: Academia Portuguesa da História.

Fontes

Arquivo Histórico Ultramarino, Cartografia Manuscrita (AHU). Cota: PT/AHU/CARTM/049/00159

Arquivo Histórico Ultramarino, Cartografia Manuscrita (AHU). Cota: PT/AHU/CARTM/049/00158

Bibliografia

Andrade, Bernardino. 1990. Planta da Praça de Bissau e Suas Adjacentes. Academia Portuguesa da História. Lisboa: Academia Portuguesa da História.

Pires, Fernando. 2007. Da Cidade da Ribeira Grande à Cidade Velha - Estudo Histórico-Formal do Espaço Urbano Séc. XV - Séc. XVIII. Praia: Universidade de Cabo Verde.

———. 2021. Há Vila Além da Costa, urbanidades em Cabo Verde no século XIX. Coimbra/Lisboa: Imprensa da Universidade de Coimbra e Rosa de Porcelana Editora.

Ligações Externas

http://digitarq.ahu.arquivos.pt/details?id=1258554

Autor(es) do artigo

Fernando Pires

Investigador Integrado Doutorado do DINÂMIA’CET

Iscte – Instituto Universitário de Lisboa.

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo