João Baptista Ribeiro

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


João Baptista Ribeiro
Outras Grafias EQUAL
Pai António José Ribeiro
Mãe isabel Maria
Nascimento 5 de abril de 1790
[[Vila Real]]
Morte 24 de julho de 1868 (78 anos)
[[Porto]]
Sexo masculino

Biografia

Dados biográficos

Filho de António José Ribeiro e Isabel Maria, nasceu a 5 de abril de 1790 na freguesia de S. João de Aregos, Vila Real, onde foi baptizado. Desde novo mostrou propensão para o desenho, tanto que até o bispo de Braga, D. Frei Caetano Brandão, vendo o seu talento, o quis levar consigo, o que o pai não consentiu. Também o morgado de Mateus, D. José Maria de Sousa, o quis levar para França.

Em 1802 o pai deixou-o, finalmente, ir para o Porto. Foi matriculado na Aula de Desenho e cursou-a durante 7 anos, tendo como mestres Francisco Vieira, o seu pai, Domingos Francisco Vieira, José Teixeira Barreto, Raimundo Joaquim da Costa e Domingos Sequeira, após a morte de Vieira Portuense. Ganhou aí vários prémios e obras suas foram mandadas para o Rio de Janeiro, para serem apresentadas ao príncipe regente D. João.

Participou no cerco do Porto. D. Pedro V honrou-o indo a sua casa várias vezes, dispensando-o do serviço e dando-lhe a baixa de soldado do batalhão de empregados públicos.

Faleceu no Porto a 24 de julho de 1868 e jaz num mausoléu no cemitério do Prado do Repouso.

Carreira

Por morte de José Teixeira Barreto, em 1810, foi proposto para lente proprietário Raimundo Joaquim da Costa e para substituto João Baptista Ribeiro, que foi reger a cadeira no ano lectivo de 1811-1812 por morte do lente effectivo.

Em 1824, foi nomeado mestre de desenho e pinturas das infantas, de quem pintou vários retratos, e cavaleiro de Nossa Senhora da Conceição. Nesse ano recebeu, também, a medalha da Restauração dos Direitos da Realeza.

Em 1833, foi nomeado professor proprietário da Aula de Desenho. Nesse ano foi ainda encarregado de organizar um museu de pinturas e estampas com o que existisse de valioso nos conventos e casas espoliados, o Museu Portuense (actual Museu Nacional Soares dos Reis). Em 1836 publicou uma exposição histórica sobre o tema.

Em 1835, fundou uma associação de artistas, pintores, escultores e arquitectos denominada Amigos das Artes, que se encontrava no edifício do Atheneu.

Em 1836, foi nomeado director e professor da Academia de Marinha e Comércio e da nova Academia Portuense de Belas Artes. Mas quando a Academia da Marinha foi reformada com o nome de Academia Politécnica abandonou as Belas Artes em favor dela.

Em 1837, foi nomeado comendador da Ordem de Cristo.

Em 1853, foi-lhe conferida a mercê de título do conselho. Nesse ano jubilou-se, com 42 anos de serviço efectivo[1].

Outras informações

Obras

  • Deu o tema para uma pintura de Domingos Sequeira de um ancião abraçando cinco jovens a tocar lira, alusão a Sequeira e aos seus discípulos.
  • 1808 - Pintura de quatro painéis a cola para as festividades da restauração de 1808 feitas na igreja da Graça.
  • Depois de 1820 - Retrato do arcebispo da Bahia D. Frei Vicente da Soledade Castro e de dois sobrinhos dele.
  • 1823 - Pintou duas miniaturas das filhas do visconde de Beire para D. Balbina de Sousa Holstein.
  • 1823/1824 - Retrato em miniatura de D. Carlota Joaquina.
  • 1823 - Retrato em corpo inteiro de D. Carlota Joaquina.
  • 1824 - Pintura e gravura de vários retratos das infantas D. Ana de Jesus Maria, D. Isabel Maria e D. Maria da Assunção.
  • Retrato de D. João VI, feito a pedido da infanta D. Isabel Maria e gravado em Paris (este? http://www.matriznet.dgpc.pt/MatrizNet/Objectos/ObjectosConsultar.aspx?IdReg=985189)
  • 1823-1826 - Retrato de D. Miguel de Bragança, Museu Nacional dos Coches.
  • Pintura de miniatura do retrato da duquesa da Terceira para a infanta D. Ana de Jesus Maria.
  • 1828-1834 - Pintura de retrato de D. Miguel I, Museu Nacional Soares dos Reis, Porto.
  • 1832-1833 - Desenho de dois retratos a lápis do duque de Bragança, um como coronel de caçadores 5, outro como comandante em chefe do exército libertador.
  • 1832-1833 - Litografou o retrato da infanta D. Maria Amália.
  • 1833 - Auto-retrato em litografia, Biblioteca Nacional de Portugal, Lisboa.
  • 1834 - Retrato de D. Maria II a lápis de cor, gravado em 1836.
  • 1840 - Auto-retrato, Museu Nacional Soares dos Reis, Porto.
  • 1855 - Fotografia de Alexandre Herculano.
  • Pintura do tecto da capela-mor da Igreja dos Congregados, Assunção da Virgem, S. Francisco de Sales.
  • Pintura de Anunciação na igreja da Graça.
  • Pintura da Senhora da Soledade na capela das Almas de Santa Catarina.
  • Pintura de S. José e o Menino Jesus na igreja de Massarelos.
  • Pintura de Nossa Senhora do Livramento na capela dos convertidos.
  • Pintura do Senhor dos Aflitos na capela dos justiçados.
  • Pintura da Apresentação da Nossa Senhora, Anunciação, Repouso no Egipto e oito figuras no tecto da capela de Bernardo de melo.
  • Pintura de Nossa Senhora do Carmo a meio corpo em casa de João Luís de Souto e Freitas.
  • Pintura de dois tectos, retrato de D. João VI e do duque do Porto na Câmara Municipal do Porto.
  • Retrato de D. João VI a meio corpo na sala das sessões da companhia.
  • Retratos de José Carneiro da Silva e de José António de Aguiar na Academia Politécnica.
  • Retrato de Luís António Machado na secretaria do Hospital do Carmo.
  • Retrato do duque de Bragança na Biblioteca Pública.
  • Pintura de quatro paisagens representando as estações no Museu Allen.
  • Quatro painéis de meninos no salão de baile no palácio do conde de Bolhão.
  • Várias pinturas na sua casa.
  • Pintura da Ascenção de Jesus Cristo, Senhora do Livramento, S. João, Senhora do Rosário e Santo António para a igreja matriz de Valongo.
  • Pintura de S. Jerónimo e retrato de Francisco Rodrigues de Freitas, barão de S. Jerónimo, para o hospital de Vila Real.
  • Pintura de S. Miguel em tamanho natural na igreja das freiras do Louriçal.
  • Pintura dos retratos de D. João VI, D. Pedro IV, D. Maria II e D. Pedro V a Sala dos Capelos da Universidade de Coimbra.
  • Retrato do primeiro conde de Amarante no palácio de Canelas.
  • Gravura de D. Pedro duque de Bragança, Biblioteca Nacional de Portugal, Lisboa.


Referências bibliográficas

  1. Viterbo, Notícia de Alguns Pintores Portuguezes e de outros que sendo estrangeiros exerceram a sua arte em Portugal (3ª série), 142-145.

Bibliografia e Fontes

  • Baldaque, Mónica, Soares, Elisa, Correia, Margarida Rebelo (coord.). Museu Nacional de Soares dos Reis: pintura portuguesa, 1850-1950. [Porto]: Ministério da Cultura, Instituto Português de Museus: Museu Nacional de Soares dos Reis, 1996.
  • Couto, João (texto). Desenhos de Fernão Gomes a Domingos António de Sequeira: segunda exposição itinerante do Museu Nacional de Arte Antiga: catálogo . Setúbal: Museu de Setúbal, 1960.
  • Ferreira, Maria Teresa Gomes e Teixeira, Maria Emília Amaralal (intro.). Pintores da escola do Porto: séc. XIX e XX nas colecções do Museu Nacional de Soares dos Reis. Lisboa: Museu Calouste Gulbenkian, 1983.
  • Freitas, Eugénio da Cunha. "Os Pintores Domingos Antonio de Sequeira e João Baptista Ribeiro." O Tripeiro, V Série, I. Porto: 1945.
  • Lopes, Joaquim. "João Baptista Ribeiro." Belas artes 2, nº 8 (1955): 37-40.
  • Mourato, António. João Baptista Ribeiro (1790-1868). Porto: CEPESE/Edições Afrontamento, 2010.
  • Retratos de artistas no Museu Nacional de Soares dos Reis. Porto: Museu Nacional de Soares dos Reis, 1946.
  • Siza, Maria Teresa e Weiermair, Peter (edição). Portuguese photography since 1854: livro de viagens. Zurique: Stemmle, 1998.
  • Telles, Patricia Delayti. "Retrato entre baionetas. Prestígio, política e saudades na pintura do retrato em Portugal e no Brasil, entre 1804 e 1834." Tese de Doutoramento, Universidade de Évora, 2015.
  • Távora, Fernando (coord.). Exposição João Baptista Ribeiro. Uma figura no Porto Liberal no Bicentenário do seu nascimento. Porto: UP/FGT/MNSR, 1990-1991.
  • Viterbo, Francisco de Sousa. Notícia de Alguns Pintores Portuguezes e de outros que sendo estrangeiros exerceram a sua arte em Portugal. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1911 (3ª série).
  • Vitorino, Pedro. Um discípulo de Sequeira. Guimarães: [s.n.], 1933.
  • Vitorino, Pedro. Litografias de João Baptista Ribeiro. Guimarães: Tipografia Minerva Vimaranense, 1940.
  • Vitorino, Pedro. "João Baptista Ribeiro e o Museu Portuense." Museu, IV. Porto: Círculo Dr. José de Figueiredo, 1945.

Ligações Externas

Autor(es) do artigo

DOI

Citar este artigo