José Marques da Silva

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


José Marques da Silva
Outras Grafias EQUAL
Pai Bernardo Marques da Silva
Filho(s) Maria José Marques da Silva
Nascimento 18 de outubro de 1869
[[Porto, Portugal]]
Morte 6 de junho de 1947 (77 anos)
[[Porto, Portugal]]
Sexo masculino

Biografia

Dados biográficos

Nasceu a 18 de outubro de 1869, no Porto, filho de Bernardo Marques da Silva.

Fez os seus estudos e cursou o liceu no Porto e depois matriculou-se na Academia Portuense de Belas Artes seguindo sucessivamente os cursos de Desenho Histórico (com João Marques de Oliveira), Escultura (com António Soares dos Reis) e Arquitectura Civil (com José Geraldo da Silva Sardinha). Recebeu uma menção honrosa no concurso de Desenho Histórico e uma outra no prémio Soares dos Reis para alunos de arquitectura civil.

Em 1880 partiu para Paris para continuar a seguir arquitectura na Escola Nacional e Especial de Belas Artes daquela Capital, sendo admitido em 1890 no concurso como aluno de 2ª classe. Em janeiro de 1893 obteve uma 1ª menção sobre projecto pelo que foi proclamado aluno de 1ª classe da Escola.

Recebeu no decorrer dos seus estudos, entre outras distinções, duas 2ª medalhas em Desenho e uma 1ª em Composição Decorativa com prémio pecuniário. Em dezembro de 1896 foi-lhe concedido pelo governo, sob proposta do director da Escola, o diploma de arquitecto.

Teve como principais mestres em Paris Victor Laloux e Ferdinand Dutest.

Carreira

Concorreu em Portugal ao projecto de monumento a D. Afonso Henriques, em colaboração com António Teixeira Lopes, ficando em 3º lugar e ao monumento ao infante D. Henrique. Concorreu também ao projecto de reconstrução do Monumento dos Jerónimos, que depois esteve exposto na Exposição Universal de 1900, juntamente com o projecto da Estação do Porto e da igreja de Cedofeita.

Concluindo os seus estudos em Paris regressou a Portugal e exerceu a sua profissão no seu país.

Professor no Instituto Industrial e Comercial do Porto[1].

Outras informações

Obras

Referências bibliográficas

  1. Viterbo, Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol III, 377-378.

Bibliografia e Fontes

  • Cardoso, António. J. Marques da Silva arquitecto 1869-1947. Porto: Secção Regional do Norte da Associação dos Arquitectos Portugueses, 1986.
  • Cardoso, António. "O arquitecto José Marques da Silva e a arquitectura no Norte do País na primeira metade do séc. XX." Tese de Doutoramento, Universidade do Porto, 1992.
  • Cardoso, António. O Arquitecto José Marques da Silva e a arquitectura no Norte do País na primeira metade do séc. XX., Porto: Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, 1997.
  • Cardoso, António. Estação S. Bento, Marques da Silva. Porto: Instituto Arquitecto José Marques da Silva, 2007.
  • Carneiro, Luís Soares. A Estranheza da Estípite. Marques da Silva e o(s) Teatro(s) de S. João. Porto: FIMS, 2010.
  • Mesquita, Mário João (coord.). Marques da Silva, o aluno, o professor, o arquitecto. Porto: IMS-Faup, [2006].
  • Ramos, Rui Jorge Garcia (coord.). Leituras de Marques da Silva. Porto: FIMS, 2011.
  • Tavares, André. Os fantasmas de Serralves. Porto: Dafne Editora, 2007.
  • Tavares, André. Em Granito. A arquitectura de Marques da Silva em Guimarães. Porto: FIMS, 2010.
  • Viterbo, Francisco de Sousa. Diccionario Histórico e Documental dos Architectos, Engenheiros e Construtores Portugueses ou a serviço de Portugal, Vol III. Lisboa: Tipografia da Academia Real das Ciências, 1922.

Ligações Externas

  • Fundação Marques da Silva FIMS.
  • José Marques da Silva (bio) In FIMS.
  • José Marques da Silva In Sigarra.pt.
  • José Marques da Silva In Wikipédia.

Autor(es) do artigo

DOI

Citar este artigo