Sebastião Fortunato Pereira

From eViterbo
Jump to navigation Jump to search


Sebastião Fortunato Pereira
Nome completo Sebastião do Rosário Fortunato Pereira
Outras Grafias Sebastião do Rozario Fortunato Pereira
Pai valor desconhecido
Mãe valor desconhecido
Cônjuge valor desconhecido
Filho(s) valor desconhecido
Irmão(s) valor desconhecido
Nascimento valor desconhecido
Morte 13 abril 1887
Sexo Masculino
Religião valor desconhecido
Formação
Data Início: 1868
Local de Formação Goa, Índia

Formação Condutor de obras
Data Fim: 1875
Local de Formação Lisboa, Lisboa, Portugal
Postos
Posto 1º Sargento
Data Início: 1868
Fim: 08 de fevereiro de 1877

Posto Alferes
Data Início: 08 de fevereiro de 1877
Cargos
Cargo Condutor de 3ª classe
Data Início: 03 de janeiro de 1877


Biografia

Dados biográficos

Até ao momento, desconhece-se a data de nascimento e naturalidade de Sebastião do Rosário Fortunato Pereira.

Frequentou a Escola Matemática e Militar de Goa no curso de artilharia e engenharia[1] com matrícula no 1.º ano no ano lectivo de 1868/1869[2]. Frequentou o curso de condutores de obras públicas do Instituto Industrial e Comercial de Lisboa, cujo tirocínio (estágio) terminou no ano lectivo de 1874/1875[3].

Faleceu em 13 de Abril de 1877, após ter recolhido ao Hospital da Marinha por ordem do dia 9 desse mês[4].

Carreira

Segundo seu testemunho, após a extinção do exército da Índia foi mantido na guarnição do Estado da Índia no posto de 1º sargento aspirante a oficial na situação de adido enquanto aguardava decisão das instâncias superiores sobre a sua situação. Em Junho de 1873 solicitou a colocação no exército do Reino. Encontrando-se o seu pedido pendente, no ano seguinte, a 15 de Junho, requereu a sua colocação como condutor de obras públicas numa das províncias do Império. Sustentou o pedido afirmando ter as habilitações necessárias para exercer aquele lugar, ou seja, deter a carta dos cursos de infantaria e de artilharia - citando a equiparação, determinada por lei, entre os cursos de artilharia e engenharia pela Escola Matemática e Militar de Goa e o curso de infantaria e cavalaria da Escola do Exército, bem como ter servido militarmente durante nove anos e ter demonstrado comportamento exemplar[1].

Em 28 de Dezembro de 1876, encontrava-se adido ao Depósito de praças avulsas para o Ultramar, tendo sido ordenado a apresentar-se na Direcção Geral do Ultramar para ser empregado numa comissão de secretaria no Império[5]. No seguimento, foi nomeado condutor de 3ª classe para a Direcção das Obras Públicas de Angola em 3 de Janeiro de 1877[6]. Em função dessa nomeação, ascendeu ao posto de alferes no quadro da guarnição do estado da Índia em 8 de Fevereiro daquele ano[7].

Notas

  1. 1,0 1,1 Arquivo Histórico Ultramarino. 767,2. 1D. MU. Cx. 1883-1930. Processos Individuais. ANG. Sebastião do Rosário Fortunato Pereira. Requerimento de Sebastião do Rosário Fortunato Pereira. Lisboa, 15 de Junho de 1874.
  2. "Rellação nominal dos alumnos da escola mathematica e militar que foram premiados no anno lectivo de 1868 a 1869"; "Relação dos alumnos premiados no anno lectivo de 1868 a 1869", Boletim do Governo do Estado da India, no. 58, 27 de Julho de 1869, 384. "Rellação dos alumnos militares da escola mathematica e militar, que foram recolhidos aos respectivos corpos, por terem concluido os seus exames nas differentes cadeiras da mesma escola, no anno lectivo de 1868 a 1869", Boletim do Governo do Estado da India, no. 60, 3 de Agosto de 1869, 396.
  3. Cópia do ofício n.º 138 do Instituto Industrial e Comercial de Lisboa ao Director Geral do Comércio e Indústria. Lisboa, 18 de Março de 1875, Diário do Governo, no. 106, 13 de Maio de 1875, 880.
  4. Arquivo Histórico Ultramarino. 767,2. 1D. MU. Cx. 1883-1930. Processos Individuais. ANG. Sebastião do Rosário Fortunato Pereira. Documento n.º 42, folha de resumo.
  5. Arquivo Histórico Ultramarino. 767,2. 1D. MU. Cx. 1883-1930. Processos Individuais. ANG. Sebastião do Rosário Fortunato Pereira. Ofício do Depósito de praças avulsas para o Ultramar. Alcântara, 28 de Dezembro de 1876.
  6. Portaria de 3 de Janeiro de 1877, Diário do Governo, no. 16, 20 de Janeiro de 1877, 124.
  7. Decreto de 8 de Fevereiro de 1877, Diário do Governo, no. 32, 10 de Fevereiro de 1877, 259.

Fontes

Arquivo Histórico Ultramarino. 767,2. 1D. MU. Cx. 1883-1930. Processos Individuais. ANG. Sebastião do Rosário Fortunato Pereira. Documento n.º 42, folha de resumo.

Arquivo Histórico Ultramarino. 767,2. 1D. MU. Cx. 1883-1930. Processos Individuais. ANG. Sebastião do Rosário Fortunato Pereira. Ofício do Depósito de praças avulsas para o Ultramar. Alcântara, 28 de Dezembro de 1876.

Arquivo Histórico Ultramarino. 767,2. 1D. MU. Cx. 1883-1930. Processos Individuais. ANG. Sebastião do Rosário Fortunato Pereira. Requerimento de Sebastião do Rosário Fortunato Pereira. Lisboa, 15 de Junho de 1874.

Cópia do ofício n.º 138 do Instituto Industrial e Comercial de Lisboa ao Director Geral do Comércio e Indústria. Lisboa, 18 de Março de 1875, Diário do Governo, no. 106, 13 de Maio de 1875, 880.

Decreto de 8 de Fevereiro de 1877, Diário do Governo, no. 32, 10 de Fevereiro de 1877, 259.

Portaria de 3 de Janeiro de 1877, Diário do Governo, no. 16, 20 de Janeiro de 1877, 124.

"Rellação dos alumnos militares da escola mathematica e militar, que foram recolhidos aos respectivos corpos, por terem concluido os seus exames nas differentes cadeiras da mesma escola, no anno lectivo de 1868 a 1869", Boletim do Governo do Estado da India, no. 60, 3 de Agosto de 1869, 396.

"Relação dos alumnos premiados no anno lectivo de 1868 a 1869", Boletim do Governo do Estado da India, no. 58, 27 de Julho de 1869, 384.

"Rellação nominal dos alumnos da escola mathematica e militar que foram premiados no anno lectivo de 1868 a 1869", Boletim do Governo do Estado da India, no. 58, 27 de Julho de 1869, 384.

Autor(es) do artigo

Sandra Osório da Silva

Departamento de História, FCSH, Universidade NOVA de Lisboa.

https://orcid.org/0000-0001-7529-5008


João de Almeida Barata

https://orcid.org/0000-0001-9048-0447

Financiamento

Fundos nacionais através da FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia, I.P., no âmbito do projeto TechNetEMPIRE | Redes técnico-científicas na formação do ambiente construído no Império português (1647-1871) PTDC/ART-DAQ/31959/2017

DOI

Citar este artigo

Silva, Sandra Osório da, e João de Almeida Barata. "Sebastião Fortunato Pereira", in eViterbo. Lisboa: CHAM - Centro de Humanidades, FCSH, Universidade Nova de Lisboa, 2022. (última modificação: 25/06/2024). Consultado a 23 de julho de 2024, em https://eviterbo.fcsh.unl.pt/wiki/Sebasti%C3%A3o_Fortunato_Pereira. DOI: []